Início » Violão Conthey é Bom? Vale a Pena?
Violão Conthey é Bom?

Violão Conthey é Bom? Vale a Pena?

Antigamente, os músicos tinham à disposição poucas opções de instrumentos musicais. Hoje, é muito diferente. Sendo assim, examinaremos se o violão Conthey é bom

Além disso, selecionamos outras alternativas para comparar as qualidades e os defeitos de cada modelo. Assim, você poderá escolher o melhor violão, seja Conthey ou não. Está preparado? Então, vamos lá! 

Sobre a Conthey

Há casos em que as marcas aparecem sem deixar muitos vestígios. Uma delas é a Conthey, que surgiu no mercado com preços ótimos. Ao que parece, pode ser uma ótima opção aos iniciantes. 

No entanto, não há site ou outras informações sobre a marca. Mesmo assim, ela é comercializada nos maiores marketplaces do país. Como se não bastasse, há reviews no Youtube sobre seus instrumentos. 

Sendo assim, a Conthey vem conquistando seu público. A seguir, te ensinaremos a analisar se os instrumentos da fabricantes são bons! 

Como saber se o violão Conthey é bom?

Há várias formas de descobrir se o violão Conthey é bom. Aliás, você está no caminho certo. Afinal, esse texto traz informações valiosas sobre a marca. 

Contudo, as informações sobre a Conthey se restringem a avaliações em marketplaces e reviews no Youtube. Por um lado, isso é bom, pois descobrimos a opinião de quem está envolvido com a marca. Por outro, os dados estão espalhados, dificultando a pesquisa. 

Mesmo assim, com a avaliação de 4.1, a Conthey possui uma média satisfatória na Amazon. No Youtube, grande parte dos vídeos recomendam os produtos da marca. Por fim, no Reclame Aqui, há pouquíssimas reclamações sobre a qualidade dos violões. 

1. Violão Acústico Conthey – Queen’s

Violão Acústico Conthey - Queen's

✅ Ótimo preço 

✅ Instrumento de entrada

🚫 Frágil


O violão acústico Queen’s, da Conthey, possui uma peculiaridade. É um instrumento para iniciantes, mas que vem com o encordoamento de aço. Apesar das particularidades e belezas do timbre, tais cordas são mais pesadas e difíceis de tocar.  

É um violão do tipo clássico, sem cutaway ou captadores. Por ser um instrumento de entrada, tem o acabamento simples. Além disso, a madeira utilizada, Tília, é um pouco frágil. 

Mesmo assim, possui a cor preta e um timbre equilibrado. As tarraxas são niqueladas e estilizadas. Dessa forma, o violão Conthey é uma ótima opção aos iniciantes, principalmente aqueles que gostam do timbre das cordas de aço. 

Ficha técnica:

  • Acústico
  • Clássico
  • Encordoamento de Aço
  • Madeira Tília 
  • ‎19 trastes

2. Violão Acústico Conthey – Queen’s

Violão Acústico Conthey - Queen’s

✅ Ótimo preço 

✅ Instrumento de entrada

🚫 Frágil


O segundo violão da Conthey é, basicamente, o mesmo que o modelo anterior. Portanto, a principal diferença está na cor. Enquanto o primeiro era da cor preta, este é acabado com verniz brilhante, que realça as cores da madeira. 

Portanto, todas as outras qualidades são equivalentes. São violões acústicos, sem cutway e com encordoamento de aço. Possui 19 trastes e tarraxas niqueladas. 

A madeira é Tília, incomum nos violões de entrada. O timbre é brilhante e contrabalanceado. Assim, para quem gosta do acabamento natural e das cordas de aço, o violão Conthey é um ótimo investimento.  

Ficha técnica:

  • Acústico
  • Clássico
  • Encordoamento de Aço
  • Madeira Tília 
  • ‎19 trastes
  • Acabamento verniz brilhante

Alternativas para violão Conthey

Além dos violões da Conthey, selecionamos três modelos, com características diferentes, que podem te impressionar. Afinal, foram fabricados por marcas respeitadas, como Tagima, Strinberg e Giannini. Alguns podem suprir as necessidades de um músico profissional. 

1. Violão Acústico Tagima AC-39 NS – Memphis

Violão Acústico Tagima AC-39 NS - Memphis

✅ Ótimo preço 

✅ Instrumento de entrada

✅ Atende músicos profissionais 

🚫 Frágil




A primeira alternativa que selecionamos é o violão AC-39 NS Memphis, da Tagima. É um instrumento de entrada muito conhecido no meio musical. O preço é equivalente ao Conthey, mas há mais vantagens. 

Portanto, a primeira delas é o encordoamento de nylon. É o mais indicado para músicos iniciantes em razão de sua leveza. Além disso, o timbre é aveludado e suave. 

O corpo é um pouco maior, possui 20 trastes e tarraxas niqueladas. As madeiras utilizadas são Jacarandá e Linden. Sem dúvida, o violão Memphis é uma excelente alternativa ao Conthey.   

Ficha técnica:

  • Acústico
  • Clássico
  • Encordoamento de Nylon
  • Madeira Jacarandá e Linden
  • ‎20 trastes
  • Acabamento verniz brilhante

2. Violão Sl200c Mgs Flat – Strinberg

Violão Sl200c Mgs Flat - Strinberg

✅ Ótima tocabilidade

✅ Equalizador e afinador 

✅ Atende músicos profissionais 

🚫 Mais caro da lista




A Strinberg produz violões excelentes, feitos para profissionais, como o SI200C. É um instrumento elétrico, do tipo flat e com cutway. Além disso, possui encordoamento de nylon, um grande diferencial para a linha. 

Possui um sistema de captação com equalizadores e efeitos. É leve, resistente e muito bonito. As madeiras são mogno, sapele, picea e nato. 

O seu timbre é incrível, seja plugado ou não. O seu preço é equivalente a sua qualidade. Se você tem condições de investir num ótimo violão, o SI200C, da Strinberg, é a melhor opção da nossa lista. 

Ficha técnica:

  • Elétrico
  • Flat com Cutway
  • Encordoamento de Nylon
  • Madeira Mogno, Sapele, Picea e Nato
  • ‎20 trastes

3. Violão Eletroacústico Flat Cutaway – Giannini

Violão Eletroacústico Flat Cutaway - Giannini

✅ Ótima tocabilidade

✅ Equalizador e afinador 

✅ Melhor custo benefício 

🚫 Frágil



Por fim, o violão NF-14, da Giannini, uma das maiores fabricantes de violões do Brasil. Este modelo é um clássico, sendo um dos mais vendidos da marca. Afinal, é um instrumento de entrada e tem muitas qualidades. 

Portanto, é um violão flat elétrico com cutway e, assim como o modelo anterior, também tem cordas de nylon. No entanto, é muito mais barato, mas seu timbre e beleza são um pouco inferiores. Isso se deve pelas madeiras Linden.

Por ser um violão elétrico, vem com afinador e equalizador. As tarraxas são niqueladas e os botões perolados. O violão NF-14, da Giannini, tem o melhor custo benefício da lista.  

Ficha técnica:

  • Elétrico
  • Flat com Cutway
  • Encordoamento de Nylon
  • Madeira Linden 
  • ‎20 trastes

Conclusão: O violão Conthey é bom ou não?

Os dois instrumentos da Conthey são bons e valem a pena, desde que você seja um músico iniciante e queira experimentar as cordas de aço. O preço é ótimo, compatível com as linhas de entrada. 

As alternativas que apresentamos são melhores, possuem mais prós e opções, como cordas de nylon, o preço e os captadores. Mesmo assim, o violão Conthey é bom, mas há alternativas melhores no mercado. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.