Início » Os 5 Melhores Violões Giannini em 2021

Os 5 Melhores Violões Giannini em 2021

Fabricante de instrumentos musicais que figura entre as mais tradicionais do nosso país, a Giannini possui cerca de 120 anos de história, período no qual consolidou seu nome no mercado. Neste artigo, selecionamos alguns dos melhores violões Giannini.

Você vai poder conferir uma tabela comparativa e a análise detalhada de cada modelo, além da lista de prós e contras de todos os violões. Para completar, explicamos minuciosamente as características que você deve observar antes de comprar um instrumento, assim como um FAQ sobre violões em geral.

Pois bem, chega de delongas, pois está na hora de conhecer os melhores violões da Giannini. Let’s go!

Melhores violões Giannini para comprar online

Aqui está nossa tabela comparativa com alguns dos melhores violões Giannini disponíveis no mercado. Confira as informações abaixo: 

Imagem

Produto

Preço (R$)

1. Violão N-14N - Giannini

✔️ Bom para iniciantes 

2. Violão NF-14- Giannini

✔️ Ótimo custo-benefício

3. Violão GDC-1 - Giannini

✔️ Boa construção

5. Violão NW1 - Giannini

✔️ Tampo maciço

1. Violão N-14N Nat  – Giannini

Prós

Contras

✅ Bom para iniciantes 

🚫 Visual simplório 

✅ Som agradável 

✅ Baixo preço 

Se você está aprendendo os primeiros acordes, aqui está uma opção muito interessante. Com cordas de nylon, que são macias ao toque e, por isso, facilitam a execução, o modelo Giannini N-14N possui um valor que não pesa no bolso.    

O violão tem o formato clássico, que lembra o número 8. O corpo inteiro é feito da madeira linden, enquanto o braço é de catalpa e a escala é de maple, com 19 trastes de alpaca. O tampo conta ainda com acabamento em verniz brilhante. As tarraxas, por sua vez, são niqueladas e possuem pino grosso

Esse instrumento não vem com captador, sendo mais direcionado para quem estuda em casa ou toca em pequenas rodinhas. O violão é leve e apresenta bom conforto, além de oferecer um som agradável. Para os mais exigentes com o aspecto visual, talvez esse modelo careça de detalhes que fazem a diferença nesse sentido.

Com todas essas características, o modelo Giannini N-14N se mostra como um dos melhores violões baratos para iniciantes.

2. Violão NF-14 – Giannini

Prós

Contras

✅ Sistema de captação

🚫 Projeção sonora limitada 

✅ Ótimo custo-benefício

✅ Cutway

Aqui está mais uma opção de violão com cordas de nylon da Giannini, mas note que, como diferenciais, esse instrumento possui sistema de captação e cutway, o corte no corpo que garante o acesso fácil às últimas casas. Por isso, esse instrumento cai muito bem tanto para o iniciante que um dia pretende fazer shows quanto para músicos intermediários que buscam um bom violão com preço honesto.

A madeira linden está presente no tampo, nas laterais e no fundo da caixa acústica, que conta com acabamento em verniz brilhante. Já o braço é de basswood com escala de maple escurecido e 19 casas. As tarraxas são de pino grosso niqueladas.

O pré-amplificador apresenta controles de volume, graves, médios e agudos, além de botão phase e afinador com display luminoso. Com uma pegada que deve agradar à maioria dos músicos, esse violão ainda apresenta um timbre bem equilibrado, apesar de não ter uma projeção muito grande.

Diante do preço e dos recursos disponíveis, o modelo NF-14 está entre os melhores violões Giannini de nylon em custo-benefício.

3. Violão GDC-1 – Giannini

Prós

Contras

✅ Sistema de captação

🚫 Preço mais elevado

✅ Folk com cutway

✅ Boa construção

Nem só de cordas de nylon vive um violonista, certo? Para os amantes de violão com encordoamento de aço, esse modelo da Giannini é uma das melhores opções de compra.

O formato folk com cutway garante o som encorpado e bem projetado do instrumento, que apresenta tampo de basswood, braço de okoume, escala de rosewood com 21 trastes em alpaca e faixa e fundo de agathis. O violão conta com satisfatória estabilidade de afinação em função das tarraxas blindadas cromadas.

O captador piezo é conectado a um pré-amplificador com os seguintes recursos de ajustes: volume, bass, middle, treble, chave phase e afinador. Já o acabamento é minimalista e conta com uma última camada de verniz acetinado. Note que o modelo está presente nas cores natural, preta e sunburst.

O melhor violão Giannini tem um preço mais elevado que os anteriores, mas que se justifica diante da boa construção do modelo.

4. Violão Travel GTG-36S – Giannini

Prós

Contras

✅ Tamanho reduzido

🚫 Volume não é do mais altos

✅ Sistema de captação

✅ Bom timbre

Entre todas as características de um violão, a praticidade de transporte é o fator que você mais leva em consideração? Então seu problema está resolvido com esse instrumento da Giannini.

O melhor violão Giannini é o Travel GTG-36S, tem o tamanho reduzido, mas um som que não faz feio, pelo contrário: é surpreendentemente bem equilibrado em todas as frequências. Logicamente, o volume sonoro não é muito grande, mas isso é de se esperar de violões pequenos.  

Tem tampo de spruce, faixa e fundo de sapele, braço de okoume e escala tipo rosewood com 20 trastes de alpaca. As tarraxas blindadas são cromadas com botões pretos. O violão ainda tem cordas de aço, acabamento fosco e conta com sistema de captação, cujo pré possui equalizador de três bandas, botão phase e afinador.

Considerando todos esses aspectos, o modelo Giannini Travel GTG-36S é um dos melhores violões baby disponíveis no mercado. 

5. Violão NW1 – Giannini

Prós

Contras

✅ Tampo maciço

🚫 Sem captação

✅ Boa seleção de madeiras

✅ Som encorpado

Você procura o melhor violão Giannini de nylon com ótima construção e excelente timbre? Então olhe com carinho para o NW1, um dos melhores violões acústicos de nylon da Giannini. 

Com tarraxas douradas de pino grosso, o violão Giannini NW1 apresenta tampo sólido de marupá, braço de cedro, faixa e fundo de imbuia e escala de pau-ferro com 19 trastes. O acabamento natural do instrumento é feito com verniz fosco. 

Devido ao tampo sólido e à bela seleção de madeiras, o instrumento tem um som bem destacado, com graves encorpados e ótima definição dos agudos. Além do mais, é um instrumento anatômico e confortável, mas infelizmente não conta com captador – considerando o preço, no entanto, não dá para reclamar. 

O que é o violão Giannini? 

Fundada no ano de 1900 em São Paulo por Tranquillo Giannini, a empresa Giannini é uma das mais tradicionais e emblemáticas fabricantes de instrumentos musicais que temos no Brasil. O violão sempre foi o maior foco da marca desde seus primórdios, portanto ela tem um belo know-how na construção de instrumentos acústicos. 

Atualmente, a Giannini possui várias linhas de violão em seu catálogo, que vão de instrumentos baratos até os de alto valor. Podemos dizer, no entanto, que os instrumentos para iniciantes e intermediários estão entre os mais vendidos da marca. 

Seja com cordas de aço ou nylon, os violões da Giannini se destacam pela boa construção e o preço justo, estando entre as melhores marcas de violão em custo-benefício do Brasil. A seguir, confira alguns aspectos importantes na hora de definir o seu próximo violão. 

Como escolher o melhor violão Giannini 

Tipos de corda 

Esse quesito é simples de definir, pois há duas escolhas: nylon ou aço. O encordoamento de nylon tem como característica um timbre suave e macio, que se enquadra muito bem em dedilhados e levadas com os dedos, por exemplo. Esse tipo de execução é marca registrada das seguintes sonoridades: bossa nova, erudito e MPB. Outro fator positivo é a boa tocabilidade das cordas de nylon, já que são menos “duras” que as de aço, exigindo pouca força dos dedos.

Por sua vez, o encordoamento de aço possui um timbre mais metálico, agressivo e brilhante, caindo muito bem para ritmos com palheta e solos. Além disso, os modelos com cordas de aço também são os melhores violões para fingerstyle. As cordas de aço estão presentes em clássicos do blues, country, folk, rock, worship e sertanejo. Porém, a regulagem de altura de cordas costuma ser necessária, pois o encordoamento de aço pode ser um pouco duro dependendo do calibre. Um aviso: nunca coloque cordas de aço em um violão de nylon, pois a tensão elevada pode fazer o cavalete descolar do tampo.

Material

Ler com atenção as especificações do instrumento musical antes de bater o martelo na compra é fundamental, porque é justamente ali que podemos fazer uma checagem dos materiais usados na construção do violão.

Se você não entende muito da parte técnica, fique tranquilo. Para tornar a sua vida mais fácil, a seguir está uma pequena lista de boas madeiras para violão: rosewood, nato, mogno, sapele, spruce, maple, koa e linden. Essas madeiras podem ser utilizadas na forma laminada, que é mais barata e com som inferior, ou de maneira sólida, que é mais onerosa, mas gera um resultado sonoro mais robusto.

Além das madeiras, o tamanho do corpo do violão afeta diretamente a ressonância e quantidade de graves do instrumento. Em relação à afinação, atente para o tipo de tarraxa do violão: normalmente, as blindadas têm mais resistência e proteção contra sujeira externa. 

Conforto 

O instrumento deve ser a extensão natural do corpo do músico – essa frase resume muito bem o que devemos procurar no quesito conforto. O instrumentista não deve ter de “brigar” com o violão, pelo contrário: a execução deve ser indolor, ou seja, sem esforço excessivo. Para isso, tenha atenção redobrada nos tópicos a seguir.

O braço é crucial para o conforto, pois, se ele for gordo ou fino demais, vai atrapalhar a performance. Uma dica prática: ao tocar em um violão, você deve conseguir fazer os acordes sem sentir dor e com definição de todas as cordas. Se assim ocorrer, é um bom sinal de que o braço tem um bom tamanho para as suas mãos.

O design do corpo também é importante para a comodidade do músico. Caixas acústicas avantajadas têm um belo som, mas causam desconforto em alguns instrumentistas. No entanto, um violão flat, por exemplo, é extremamente anatômico, mas tem um timbre mais magro. O recomendado, então, é achar um meio-termo entre som e anatomia.

Nunca esqueça de regular o seu violão para obter o máximo conforto. Se você não sabe fazer sozinho, procure um luthier, pois vale a pena. É na regulagem que a altura de cordas será examinada e modificada para que a execução do músico seja a mais fluida possível, por exemplo.

Captação 

O captador é o dispositivo responsável por “ouvir” as cordas e transmitir esse sinal a equipamentos de amplificação. Dessa forma, o músico pode fazer shows de maneira bastante prática, sem precisar microfonar o instrumento.

Você deve optar por um violão elétrico, ou seja, com captação, se tem o objetivo de fazer apresentações ou gravações em linha. Nesse caso, confira os recursos oferecidos pelo pré-amplificador. Os modelos com no mínimo três bandas de equalização e afinador integrado são bastante comuns e cobrem a maioria das situações práticas.

Trastes 

Se você não sabe o que são trastes, nós explicamos: sabe aquelas finas hastes de metal que separam uma casa da outra? Esses são os trastes. Fácil, né? Pois bem, tenha em mente também que o número de trastes interfere na quantidade de notas disponíveis no braço. Em geral, dê prioridade aos violões com no mínimo 18 casas, pois com esse número você conseguirá tocar a maioria das músicas conhecidas. 

Importância do acabamento 

Existe amor à primeira vista por instrumentos musicais? Sim, existe! Não há como negar que o timbre e a construção são aspectos de maior importância, no entanto, se o acabamento não agradar ao músico, alguma coisa estará faltando.

Aqui não há muitas regras, siga seu instinto e escolha o acabamento que mais saltar aos seus olhos. Os violões de cor natural são muito elegantes e cheios de classe. Já os instrumentos com cores sólidas trazem uma enorme variedade de opções a quem gosta de ousar.

Atente também para o tipo de verniz presente no acabamento, pois o brilhante gera um visual diferente do fosco. O acetinado, por sua vez, fica no meio do caminho.   

Perguntas frequentes 

Qual é o melhor violão da Giannini?

A Giannini apresenta diversas linhas de violões em seu catálogo, sendo que as séries Performance Pro e Stage possuem instrumentos de alta qualidade, por exemplo.  

Qual é a melhor marca de violão profissional?

Não há como fugir das seguintes marcas quando o assunto é violão profissional: Martin, Taylor, Gibson, Yamaha, Takamine, Washburn e Guild.

Quais as melhores marcas de violão nylon?

As empresas Yamaha, Takamine e Washburn estão entre as melhores marcas de violões com cordas de nylon de nível profissional.  

Qual é o violão mais indicado para iniciantes?

Os violões clássicos com cordas de nylon, sem captação, caem muito bem para quem está começando, pois são leves, confortáveis e baratos, com timbre agradável.

Qual o violão mais vendido no Brasil?

Entre os diversos formatos de violão, os modelos folk e clássico são os que mais se destacam em popularidade e número de vendas, tanto no Brasil quanto no mundo.

Posso colocar cordas de aço em um violão de nylon?

Nunca faça esse procedimento, pois o cavalete pode descolar do corpo do violão devido à tensão elevada do encordoamento de aço.

Devo escolher um violão acústico ou elétrico?

Opte pelo violão com captação (elétrico) se você tem o intuito de fazer shows e gravações em linha. Se esse não é o seu caso, um violão acústico dá conta do recado.

Conclusão: qual o melhor violão Giannini

E aí, curtiu as informações abordadas neste artigo especial sobre os melhores violões Giannini do mercado? Agora você está muito mais seguro para fazer a sua escolha, temos certeza disso.

Recapitulando: para quem busca um violão com cordas de nylon bom e barato, os modelos Giannini N-14N e Giannini NF-14 estão entre as melhores opções de compra. Se você pode investir um pouco mais, olhe com carinho o Giannini NW1, que tem tampo sólido. 

Já para os amantes das cordas de aço, o violão Giannini GDC-1 é muito completo: formato folk, som equilibrado e versátil, com captação e cutway. É o violão mais caro de nossa lista, mas, mesmo assim, tem um valor justo considerando os materiais e a construção. 

Não podemos deixar de citar o Giannini Travel GTG-36S, um violão de tamanho reduzido que preza a portabilidade sem abrir mão do som. Não tem erro se você optar por esse modelo, pois se trata de um dos melhores violões baby do mercado. 

Olha só, chegamos ao fim do nosso artigo. Esperamos que tenha gostado! Até a próxima. Um abraço e bons sons!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.