Início » Os 7 Melhores Pandeiros em 2021

Os 7 Melhores Pandeiros em 2021

Ah o pandeiro, um instrumento característico da música brasileira. Já foi menosprezado no Brasil, quando o samba e suas derivações não eram bem vistas pelo Estado. Mas hoje o pandeiro carrega o símbolo de instrumento brasileiro. É por isso que preparei o ranking dos melhores pandeiros do ano! 

Alguns dizem que é um instrumento totalmente intuitivo, destinado aos que têm o samba no pé. Há quem discorde e divulgue métodos para aprender a tocá-lo. E você, está de qual lado? Eu acredito que todo talento depende de um método. E o primeiro passo é entender a importância do instrumento. Está pronto? Então vamos lá! 

Melhores pandeiros para comprar online

Pode parecer simples escolher um pandeiro, mas não é. Os percussionistas mais experientes estudam antes de escolher o seu instrumento. E para facilitar a sua vida, segue uma tabela com os melhores pandeiros. 

Imagem

Produto

Preço (R$)

1. Pandeiro TA-5210-70 - Remo

✔️ Melhor pandeiro

2. Pandeiro TP 300 - Torelli

✔️ Melhor pandeiro brasileiro 

3. Pandeiro Acrílico - PHX

✔️ Recomendado para músicos intermediários

5. Pandeiro TP 308 - Torelli

✔️ Timbre encorpado 

6. Pandeiro Acrílico Meia Lua - PHX

✔️ Melhor pandeiro meia lua 

1. Pandeiro TA-5210-70 – Remo

Prós

Contras

✅  Melhor pandeiro

🚫 -

✅ Afinação estável

✅ Definição nos médios e agudos

O primeiro lugar do ranking foi conquistado por uma marca que, apesar de ter o nome de barco, é uma referência para os percussionistas. A Remo é uma marca clássica que sabe o que os músicos precisam. Uma prova disso é o TA-5210-70. 

Também conhecido por causa da pele Fiberskyn, o pandeiro da Remo é um instrumento versátil, sendo um timbre indispensável nos choros e samba, e muito bem vindo na música instrumental em geral. Sua pele de couro já é reforçada e dispensa qualquer produto para hidratação. 

Esta pele tem mais estabilidade na afinação, principalmente por causa do reforço na parte traseira. Tem um jogo de oito pares de platinas, uma delas é compacta e a outra tem alguns furos, o que resulta num timbre mais seco e definido. 

Disponível no tamanho de 10 polegadas e nas cores branco, preto e vermelho, o pandeiro Remo é uma ótima opção, seja para percussionistas experientes ou aqueles que querem começar. É um ótimo investimento. Aproveite a oportunidade para acrescentar na sua música um novo timbre. 

2. Pandeiro TP 300 – Torelli 

Prós

Contras

✅  Melhor pandeiro brasileiro 

🚫 Único tamanho disponível 

✅  Acompanha chave de afinação 

✅  Definição nos médios e agudos

A nossa medalha de prata vai para uma marca que é reconhecida no mercado brasileiro. A Torelli enriqueceu a nossa musicalidade com o TP 300, um pandeiro pra nenhum sambista botar defeito. 

Feito com pele animal e aro inox, o TP 300 garante um som definido e encorpado, sendo um destaque entre seus concorrentes. As doze platinelas cromadas dão ainda mais brilho ao som, tendo uma ótima sustentação de projeção do timbre. 

O instrumento tem 10 polegadas e aproximadamente 600g. É leve e permite que o percussionista não se canse na hora de tocar. Seu timbre é uma marca registrada na música popular brasileira e também começa a aparecer em outros estilos musicais.

O pandeiro Torelli TP 300 é um instrumento indispensável para qualquer percussionista. Desde o mais experiente ao mais amador, todos saem ganhando ao explorar uma sonoridade tão marcante. E você, tá esperando o que? Aproveite e adquira o seu pandeiro. 

3. Pandeiro Acrílico – PHX

Prós

Contras

✅  Ótimo custo benefício

🚫 Sem abafador 

✅ Timbre encorpado  

O último lugar do nosso pódio foi conquistado pela marca PHX ou Phoenix, uma marca consolidada no mercado musical. O pandeiro de acrílico de 10 polegadas é mais indicado aos músicos intermediários, mas os iniciantes podem ter bons resultados com este modelo. 

Conta com pele leitosa e o corpo em acrílico verde. Não vem com abafador contrário à pele, dando mais ênfase aos harmônicos superiores. Tem aproximadamente 700g, é considerado pesado pelos pandeiristas, mas pode ser uma ferramenta para treinar a resistência. 

A pele é um pouco mais alta do que as presilhas, dando mais conforto na hora de tocar. As platinelas são brilhantes e tem um bom nível de sustentação. Alguns pandeiristas gostam de variar entre platinelas secas ou brilhantes, sendo, neste caso, o PHX uma ótima opção.

O pandeiro de acrílico da Phoenix foi feito para você que quer aprimorar o seu som, ou que deseja expandir as possibilidades timbrísticas. Além de tudo tem um ótimo custo benefício. Pode ser seu com apenas uma ação. 

4. Pandeiro Acrílico 12 polegadas – PHX

Prós

Contras

✅  Timbre encorpado

🚫 Pandeiro pesado 

✅ Ótima projeção 

A marca Phoenix alcançou mais um lugar no ranking dos melhores pandeiros do ano. Dessa vez com o modelo em acrílico verde de 12 polegadas. Apresenta um timbre mais encorpado, tendo mais presença nas frequências graves

Segundo a mesma linha do modelo com 10 polegadas, a pele é um pouco mais alta do que as presilhas, dando mais conforto na hora de tocar. As platinelas continuam com bastante brilho e com um grande grau de sustentação. Tem força nas frequências médias e agudas. 

Tem o corpo em acrílico verde e a pele leitosa. Não vem com abafador contrário à pele, o que valoriza os harmônicos superiores. Tem quase 900g, sendo mais pesado que o modelo anterior. É indicado a músicos mais experientes em razão do seu peso. 

O pandeiro de acrílico de 12 polegadas da Phoenix foi feito para se destacar com a percussão, apresentando um timbre bem nítido e definido. É uma ótima opção para quem quer ter o seu segundo pandeiro. Ele pode ser seu agora mesmo. 

5. Pandeiro TP 308 – Torelli 

Prós

Contras

✅  Timbre encorpado

🚫 Pandeiro pesado 

✅ Ótima projeção 

Olha aí a nossa marca brasileira Torelli conquistando mais um lugar no ranking dos melhores pandeiros do ano. O pandeiro da vez é o TP 308, um instrumento diferenciado e que chama a atenção de qualquer um. 

Feito com pele sintética holográfica e aro inox, o TP 308 entrega um som limpo e forte, sendo um diferencial entre seus pares. São doze platinelas cromadas que dão mais brilho ao timbre, tendo uma boa sustentação de projeção do som

O instrumento tem 10 polegadas e aproximadamente 1kg. É pesado e permite que o percussionista treine a resistência na hora de tocar. O timbre é um diferencial nas rodas que faz parte e também pode impressionar em estilos inusitados da música instrumental.

O pandeiro Torelli TP 308 é um instrumento para os percussionistas mais intensos, que gostam de tocar com firmeza. Pode ser pesado para os inexperientes, mas é uma ótima forma de ganhar força. Invista na sua carreira com o pandeiro TP 308. 

6. Pandeiro Acrílico Meia Lua – PHX

Prós

Contras

✅ Timbre médio e agudo bem definido

🚫 Sem pele

✅ Leve

A PHX é a marca mais consistente do nosso ranking. Quem já conhece a marca sabe que é qualidade certa, quem não conhece está perdendo tempo. Dessa vez a PHX conquistou o lugar com um pandeiro diferente, o modelo Acrílico Meia Lua. 

Tem um timbre muito brilhante quando comparado com seus concorrentes. Suas 32 platinelas são nítidas e tem ótima sustentação. Não tem pele, o que deixa o timbre mais médio e agudo, perdendo a força das frequências graves. 

Pesando 390g, o pandeiro meia lua é um dos mais leves da categoria. Ideal para iniciantes, já que não requer tanto esforço para tocar. A impossibilidade de trabalhar com timbres graves facilita na compreensão dos primeiros movimentos. 

A PHX presenteou os iniciantes com seu pandeiro meia lua. É um ótimo investimento para quem quer começar. Tem um timbre bom e é muito bonito. Tá esperando o quê? Amplie seu repertório musical com um PHX. 

7. Pandeiro Pele Leitosa – Batuka

Prós

Contras

✅  Mais barato

🚫 Timbre opaco

✅ Leve

O último lugar do nosso ranking é o mais indicado para os iniciantes. A marca Batuka pensou naqueles que querem começar e preparou um pandeiro com um desempenho incrível, levando em conta o seu preço. 

O pandeiro tem a pele leitosa e 10 polegadas, as platinelas são muito bem acabadas e tem uma ótima projeção. Não tem abafador e por isso tem os harmônicos bem destacados. Vem com um afinador para você deixar o seu pandeiro em dia. 

Tem 370g, sendo mais leve do nosso ranking. É indicado aos iniciantes, tanto pelo seu peso, como pela possibilidade de explorar muitas sonoridades. Os profissionais podem ter como um segundo instrumento.

Se você não sabe por onde começar então escolha o Batuka Pele Leitosa 10 polegadas. O melhor pandeiro para iniciantes e uma ótima opção para os profissionais. Prepare o seu ritmo e invista um Batuka agora mesmo.

Como escolher o melhor pandeiro

Você pode encontrar boas dicas nas descrições do nosso ranking. Mas todo conhecimento pode ser enriquecido. E para te auxiliar a escolher o melhor pandeiro, vou te mostrar os principais itens que devem ser observados. Vamos lá?

Tipos

Os tipos mais comuns de pandeiro são três e a sua principal diferença está no número de pratos. Podemos encontrar o pandeiro com três pratos, dois na extremidade e um no centro. Os com cinco pratos, são dois nas extremidades e três no centro. Por fim, temos os com as platinelas duplas, ou seja, os pratos vêm dispostos em duplas. 

Materiais

Cada pandeiro tem uma pele esticada, que pode ser feita com um material sintético ou natural. A pele sintética geralmente é feita com nylon e tem um timbre mais agudo. A pele natural é feita em couro e tem um timbre mais grave. Há modelos sem pele, como o modelo meia lua.

Peso

O pandeiro é um instrumento leve e muito acessível. É fácil de carregar, tanto pelo seu tamanho, ou pelo seu peso. Você pode encontrar instrumentos com 300g e alguns modelos com quase 1kg. A média é de 600g. Escolha o melhor para você. 

Platinelas

Também conhecidas como soalhas ou pratos, as platinelas são as placas abauladas de metal que conferem o timbre agudo do instrumento. Alguns modelos têm três, cinco ou oito platinelas duplas. Elas podem ter diferença em diâmetro, há platinelas cromadas ou niqueladas, além dos modelos em latão ou bronze. 

Tipo de aro

Existem dois tipos de aro, o redondo e o achatado. O primeiro é o mais encontrado nos que têm pele sintética, enquanto o segundo é o mais utilizado para peles naturais. Alguns instrumentistas dizem que o pandeiro redondo é mais confortável para tocar, enquanto outros não vêem diferença. Mais uma vez, é uma escolha que cabe a você.

Perguntas frequentes 

Qual o melhor pandeiro? 

Depende do seu objetivo e da sua adaptação ao instrumento. Lembre-se de que os pandeiros maiores tem um som mais encorpado. Os modelos de nylon tem um timbre mais agudo, enquanto os que utilizam pele natural têm um timbre mais grave. 

Qual é a melhor marca de pandeiro? 

As melhores marcas, sem dúvida alguma, são as que estão no nosso ranking: Remo, Torelli, PHX, Batuka. Mas existem outras marcas que têm um ótimo instrumento, como a RMV e Izzo. 

Como saber o tamanho do meu pandeiro? 

Os pandeiros são medidos em polegadas. O mais comum tem 10 polegadas, mas há modelos com 8 até 14 polegadas. Lembre-se de que instrumentos maiores têm mais volume, enquanto os menores são mais tímidos. 

Qual é a origem do pandeiro no Brasil? 

Há referências históricas que o pandeiro é um instrumento árabe. Mas chegou ao Brasil por causa dos portugueses. O instrumento de percussão fez parte da primeira procissão católica que aconteceu no Brasil em junho de 1549. 

Qual melhor pandeiro couro ou nylon? 

Mais uma vez, depende do som que você quer reproduzir. Os de couro geralmente são mais pesados e têm o timbre grave. Os de nylon são um pouco mais leves e têm o timbre agudo. Você decide qual é o melhor. 

Conclusão: qual o melhor pandeiro

O pandeiro é um instrumento muito importante para a cultura brasileira. Não é o mais fácil para tocar, mas é uma ótima fonte de diversão. E hoje você percebeu como faz diferença saber os detalhes deste instrumento. 

O ranking dos melhores pandeiros do ano te trouxe um guia completo para entender e escolher uma entre as melhores opções do mercado. Você aprendeu sobre os principais prós e contras, o tipo de pele, aro, platinela e muito mais. 

O FAQ respondeu às dúvidas mais frequentes dos percussionistas. Hoje você foi qualificado para escolher o melhor pandeiro. Agora você pode decidir sobre o melhor instrumento, além de ensinar os outros a fazer o mesmo. 

Mas você está apenas no começo da sua jornada musical. Agora que você não tem mais dúvidas é hora de fazer uma escolha. Já sabe qual pandeiro escolher? O ranking dos melhores pandeiros do ano te ajudou? Conta pra gente e compartilhe o artigo com seu amigo percussionista. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *