Início » Pandeiro Luen é bom? Vale a Pena?
Pandeiro Luen é bom?

Pandeiro Luen é bom? Vale a Pena?

Ah, o pandeiro, um dos instrumentos mais antigos da música brasileira. Nos dias de hoje, há tantos modelos disponíveis na Internet que fica difícil escolher. Por isso, vamos analisar se o Pandeiro Luen é bom

Além de analisar três pandeiros da marca, vamos ver outras opções de marcas diferentes. Alguns são diferentes em tamanho ou estilo, mas são capazes de embalar qualquer roda de samba. A seguir, confira algumas informações importantes sobre a Luen. 

Sobre a Luen

Assim, vamos te mostrar algumas curiosidades sobre a marca Luen. No ano de 1982 a fabricante começou a produzir esteiras de caixa tornando-se uma especialista em percussão. Após alguns anos, em 1999, a empresa começou a fabricar as peles para tais instrumentos. 

Na sequência, em 2001, a Luen iniciou a fabricação de instrumentos de percussão. Na época, o mercado musical já a conhecia. Em 2004 ela começou a fabricar peles profissionais para baterias. 

Nos dias de hoje, a Luen tem uma fábrica com mais de 7 mil metros quadrados localizada em São Paulo. É uma empresa de referência no ramo da percussão. Agora, vamos descobrir se a marca é confiável. 

Como saber se o pandeiro Luen é bom?

Agora, vamos te mostrar o que você precisa fazer para descobrir se o pandeiro Luen é bom. Em primeiro lugar, use a Internet para fazer a sua pesquisa. O Google e o Youtube são ótimos aliados para fornecer todas as informações necessárias. 

Todavia, você pode buscar as informações em outras fontes. Portanto, um lugar ótimo são os marketplaces. Analise as avaliações dos consumidores para descobrir se um produto é bom. 

Para finalizar, há o site Reclame Aqui. É um portal onde os consumidores podem contar suas experiências ruins com as marcas. No entanto, não há reclamações sobre a Luen. 

1. Pandeiro Abs Preto Junior – Luen

Pandeiro Abs Preto Junior - Luen

✅ Instrumento para crianças

🚫 Frágil

✅ Barato

O primeiro pandeiro da Luen que vamos analisar é o Abs Preto Junior. Para início de conversa, ele é menor que os outros modelos. Por isso produz um timbre mais agudo e estridente

Além disso, ele foi projetado para atender as crianças. Assim, elas podem aprender a tocar com um instrumento adequado. O pandeiro é leve e confortável

Por fim, tem a pele cristalina e vem com quatro pares de platinelas. Apesar de ser um instrumento voltado para as crianças, ele pode atender os músicos profissionais. Além de tudo, o pandeiro Abs Preto Junior tem o padrão de qualidade da Luen. 

Ficha técnica:

  • Junior
  • Tamanho 08
  • 4 pares de platinelas
  • Pele Cristal
  • ‎7 x 25 x 25 cm; 350 g

2. Pandeiro 10″ Abs Amarelo 6 – Luen

Pandeiro 10

✅ Instrumento para amadores e profissionais 

🚫 Mais caro que o modelo anterior 

✅ 5 pares de platinelas 

✅ Pele leitosa 

O próximo pandeiro da Luen que vamos te mostrar é o Abs Amarelo. Aliás, ele é do tamanho 10, sendo um pouco maior que o modelo anterior. Por isso, ele atende mais aos adultos do que os jovens e as crianças. 

Ademais, o instrumento tem 5 pares de platinelas. Enquanto a pele produz um timbre mais grave, os mini-pratos dão mais intensidades às frequências altas. É um pandeiro leve e fácil de manusear. 

O aro é cromado e a pele é leitosa. São pontos importantes neste tipo de instrumento. Sendo assim, o pandeiro Abs Amarelo da Luen é mais robusto e atende melhor aos profissionais que o modelo anterior.  

Ficha técnica:

  • Aro cromado
  • Tamanho 10
  • 5 pares de platinelas
  • Pele Leitosa
  • ‎30 x 30 x 10 cm; 500 g

3. Pandeiro 11″ Formica – Luen

Pandeiro 11

✅ Instrumento para profissionais 

🚫 Mais caro da Luen

✅ 6 pares de platinelas 

✅ Pele de cabra 

Para fechar a linha de instrumentos da Luen, vamos examinar o Pandeiro Formica. Com tamanho 11, ele é o maior dos três modelos que analisamos até aqui. Foi projetado para os profissionais da percussão. 

Apesar de ser o modelo mais caro da Luen, é o que tem mais qualidade. Tanto os seis pares de platinellas, quanto o aro, são cromados. Seu timbre é forte e bem definido

Além do mais, a pele de cabra produz uma sonoridade clássica e nostálgica. Não é à toa que este instrumento já passou pela mão de grandes músicos. Assim, o Pandeiro Formica da Luen é uma ótima opção de compra. 

Ficha técnica:

  • Aro cromado
  • Tamanho 11
  • 6 pares de platinelas
  • Pele de cabra 
  • ‎80 x 50 x 28 cm; 800g

Alternativas para o pandeiro Luen

Os pandeiros da Luen não são os únicos disponíveis no mercado. Portanto, vamos analisar alternativas a este instrumento. Alguns modelos são mais simples e outros são mais complexos, como o meia lua da TMB. 

Sendo assim, vamos te mostrar três alternativas ao pandeiro Luen. Além do instrumento da TMB, você conhecerá o da Batuka e da PHX. São marcas conhecidas entre os percussionistas do Brasil. 

1. Pandeiro Abs – Batuka

Pandeiro Abs - Batuka

✅ Instrumento para amadores

🚫 Frágil

✅ 6 pares de platinelas 

✅ Pele leitosa

A primeira alternativa ao pandeiro Luen é o Abs Preto Pele Leitosa da Batuka. É um instrumento de entrada, voltado aos percussionistas iniciantes. Apesar de ser do tamanho 10 ele pode servir para a criançada. 

Aliás, esse é um dos pandeiros mais vendidos na Amazon. Seu preço é atrativo e ele tem todos os mecanismos para produzir um bom timbre. Desde a pele leitosa até os seis pares de platinelas

Dessa forma, se você quer começar a tocar percussão, esse instrumento é muito bem vindo. Ele é do tipo BBB: bom, bonito e barato. Ou seja, o pandeiro Abs Preto da Batuka é indicado para quem está começando.   

Ficha técnica:

  • Aro cromado
  • Tamanho 10
  • 6 pares de platinelas
  • Pele leitosa
  • ‎28.8 x 27.9 x 4.5 cm; 370 g

2. Pandeiro de Palco – OnStage

Pandeiro de Palco - OnStage

✅ Instrumento para profissionais 

🚫 Alto investimento

✅ 16 pares de platinelas 

✅ Punho ergonômico

Para variar os tipos de instrumentos, confira o Pandeiro de Palco da TMB. É um modelo meia-lua, que dispensa a pele. Além disso, ele tem 16 pares de platinelas

Por ser do tipo meia-lua, o pandeiro da TMB produz um timbre agudo, que vem das platinelas. Para melhorar a pegada, ele vem com um alça ergonômica que melhora a tocabilidade. Além disso, é um dos instrumentos mais caros da nossa lista. 

Sendo assim, é considerado um instrumento para profissionais. Geralmente compõe o setup dos grandes percussionistas. Por isso, o pandeiro de palco da TMB é uma ótima alternativa ao Luen.    

Ficha técnica:

  • Meia-lua
  • Punho ergonômico 
  • 16 pares de platinelas
  • Sem pele
  • ‎55.12 x 20.07 x 7.11 cm; 499 g

3. Pandeiro acrilico azul – PHX

Pandeiro acrilico azul - PHX

✅ Instrumento para profissionais 

🚫 Pesado

✅ 6 pares de platinelas 

🚫 Há modelos mais baratos 

✅ Pele leitosa

Para finalizar as alternativas aos instrumentos da Luen, temos o Pandeiro Acrílico Azul da PHX. Para quem não sabe, a fabricante é uma das empresas de percussão mais respeitadas do país. Ela trouxe inovações para a música brasileira. 

Sobre o pandeiro da PHX, ele é do tamanho 10, o mais comum desta categoria. A pele leitosa produz um timbre brilhante. O aro, como de costume, é cromado e tem 6 pares de platinelas

Em comparação a Luen, o instrumento da PHX é um pouco mais caro, com exceção do que é feito com pele de cabra. Por isso, ele pode atender aos músicos profissionais. O pandeiro acrílico azul da PHX é mais resistente que os demais. 

Ficha técnica:

  • Aro cromado
  • Tamanho 10
  • 6 pares de platinelas
  • Pele leitosa
  • 36 x 36 x 6 cm; 890 g

Conclusão: O pandeiro Luen é bom ou não?

Dessa forma, chegamos a conclusão que a Luen é uma ótima fabricante de instrumentos de percussão. A marca já é respeitada pelo mercado brasileiro. Sendo assim, ela é capaz de suprir as necessidades do percussionista amador e também do profissional. 

Sobre os modelos alternativos, vimos que as marcas Batuka, OnStage e PHX também produzem ótimos instrumentos. Todos eles são capazes de embalar qualquer roda de samba. Dessa forma, podemos dizer que, assim como as outras percussões, o pandeiro Luen é bom e vale a pena. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.