Início » Violino Dominante é Bom? Vale a Pena?
Violino Dominante é Bom?

Violino Dominante é Bom? Vale a Pena?

Olá, amante da arte musical! O artigo de hoje é indicado para quem está começando a tocar violino ou já possui alguma experiência e busca um instrumento acessível, mas com boa qualidade. Nesse sentido, responderemos à pergunta: o violino Dominante é bom? Será que vale a pena?

Dessa forma, analisamos as características técnicas do modelo, pontuando seus prós e contras. Além disso, destacamos dois instrumentos similares de outras marcas para que você se sinta ainda mais seguro na compra.

Confira!

Sobre o Violino Dominante

Violino Dominante

✅ Bom para iniciantes e intermediários

🚫 Som não é tão rico quanto o de um instrumento todo sólido

✅ Tampo maciço

✅ Bom acabamento

✅ Acompanha estojo, arco e breu

A Dominante é uma das marcas trazidas ao Brasil pelo grupo Izzo, que tem muita história e tradição no segmento musical.  

O modelo em questão do artigo de hoje é o violino Dominante Clássico 4/4 Concert. O instrumento tem tamanho padrão adulto, com tampo maciço de spruce. Já a lateral e o braço são de maple, enquanto o espelho é de ébano. Por sua vez, a queixeira, o estandarte e as cravelhas são feitos de boxwood. O exemplar ainda apresenta microafinadores nas quatro cordas. 

Para completar, o produto ainda vem com estojo retangular extra luxo com higrômetro, pequeno equipamento responsável por indicar o nível de umidade. Acompanha também breu e arco oitavado profissional, produzido em madeira octogonal com crina animal genuína.

Falando da sonoridade, esse violino da marca Dominante é bom em todas as frequências, com um som bastante equilibrado e agradável. Obviamente, ele não tem o timbre tão rico e ressonante quanto o de um instrumento com corpo inteiro sólido, porém atende muito bem músicos iniciantes e até intermediários.

Por fim, outros fatores positivos são o conforto satisfatório, o belo acabamento e o preço justo. 

Ficha técnica:

  • Tampo: Spruce maciço
  • Lateral: Maple
  • Braço: Maple
  • Espelho: Ébano
  • Queixeira: Boxwood
  • Estandarte: Boxwood
  • Cravelhas: Boxwood

Como saber se o violino Dominante é bom?

Primeiramente, antes de adquirir um violino, defina um orçamento. Depois disso, pesquise marcas e modelos diferentes e faça uma lista de candidatos. Nesse sentido, para saber se um violino específico é bom antes da compra, recomendamos pesquisar a opinião de outros clientes em sites de avaliação, como a Amazon e o Reclame Aqui. 

Acima de tudo, tenha em mente que o melhor violino é aquele que se adequa ao seu orçamento e não tem problemas de construção, ok? As demais características são puramente técnicas, por isso observe atentamente as especificações a fim de comparar os produtos com imparcialidade.

Em seguida, trazemos um pequeno guia que irá auxiliá-lo na tarefa de avaliar a qualidade dos materiais e acessórios de um violino. 

Madeiras

Os violinos com madeiras maciças são melhores que os de madeira laminada, pois geram mais ressonância e riqueza sonora ao instrumento. No entanto, apresentam custo mais elevado.

Há modelos que têm apenas o tampo sólido, fator que já melhora o timbre se comparado aos completamente laminados.

Algumas madeiras de qualidade e muito utilizadas em bons violinos são spruce, abeto, maple e ébano. Portanto, se o modelo tiver alguns desses materiais, já é um bom sinal.

Arco

Arcos de madeira são melhores, sendo geralmente feitos de pau-brasil ou ipê. Os acessórios de fibra de carbono e fibra de vidro geram bons resultados, mas são menos tradicionais e mais leves do que os de madeira. 

Em relação à crina do arco, os fios de rabo de cavalo genuínos são superiores aos sintéticos, ganhando em qualidade sonora e interação com o breu. 

O tamanho do arco precisa sempre acompanhar o tamanho do violino. Falando do peso, prefira os acessórios que têm de 57 a 62 g ou próximos disso. Por fim, talões de ébano possuem boa fama, assim como os de marfim e jacarandá. Se puder, evite os de plástico. 

Tamanho

Em geral, para adultos e crianças com mais de 11 anos de idade, o violino 4/4 é o tamanho mais indicado, com 58,5 cm. Já para a faixa etária de 9 a 11 anos, o ¾ é o tipo recomendado, chegando a 56 cm. Por sua vez, o ½ tem 51 cm e cai bem para os pequenos de 6 a 9 anos. 

Há ainda tamanho menores, a saber: ¼, com 47 cm, para pessoas de 4 a 7 anos; 1/8, com 42 cm, para aqueles de 3 a 5 anos; 1/10, com 38 cm, para crianças de 3 a 5 anos; e 1/16 com 35,5 cm, para os pequenos com menos de 3 anos.

Alternativas para o violino Dominante

Queremos saber, você já conseguiu descobrir se o violino Dominante é bom? Com as informações acima, apostamos que você já tem uma bela noção.

No entanto, tenha calma antes de tomar a sua decisão. Isso porque, logo abaixo, trazemos a análise de dois instrumentos similares, porém de outras fabricantes. Assim, você poderá comparar os modelos de forma justa e imparcial. 

Vamos lá!

1. Violino 4/4 AL-1410 – Alan

Violino 4/4 AL-1410 - Alan

✅ Indicado para iniciantes

🚫 Qualidade sonora limitada

✅ Baixo preço

Esse violino da marca Alan tem construção um pouco mais simples do que o Dominante, refletindo em um preço de mercado consideravelmente inferior.

O instrumento AL-1410 possui tampo com revestimento de spruce, traseira e laterais de maple. Foi utilizado boxwood para as cravelhas, queixeira e estandarte. O produto ainda acompanha breu, estojo luxo térmico com moldura interna e arco de crina sintética.

O timbre é agradável, mas não é tão impactante quanto o som do Dominante. Assim, esse violino Alan é mais indicado para quem realmente está começando a tocar. Se você já é intermediário, é provável que ache esse instrumento muito básico.

Ficha técnica:

  • Tampo: com revestimento em Spruce
  • Traseira e lateral: Maple
  • Escala: Maple
  • Cravelhas: Boxwood
  • Queixeira: Boxwood
  • Estandarte: Boxwood

2. Violino VE441 Classic Series 4/4 – Eagle

Violino VE441 Classic Series 4/4 - Eagle

✅ Para iniciantes e intermediários

🚫 Estojo não tem higrômetro

✅ Todo sólido

✅ Belo timbre

A Eagle, conhecida fabricante de instrumentos musicais, tem ganhado cada vez mais destaque quando o assunto é violino. 

De acordo com o site da fabricante, o instrumento VE441 é construído com madeiras sólidas. Tem tampo de abeto, laterais e fundo bipartido de maple, com espelho de ébano. Já as cravelhas, a queixeira e o estandarte são de boxwood. O produto vem acompanhado de estojo térmico, arco de madeira com crina animal genuína e breu.

Note que as características são muito similares às do violino Dominante, incluindo o valor de venda. Porém, o Eagle sai um pouco na frente por usar apenas madeiras maciças em sua construção, fator que potencializa o timbre do instrumento.

Como ponto negativo, podemos citar a ausência de higrômetro no estojo, mas esse é um pequeno detalhe quando comparado a todas as qualidades do equipamento.

Ficha técnica:

  • Tampo: Abeto sólido
  • Traseira e lateral: Maple sólido
  • Espelho: Ébano
  • Cravelhas: Boxwood
  • Queixeira: Boxwood
  • Estandarte: Boxwood

Perguntas frequentes

Qual o melhor tipo de violino para iniciantes?

Para adultos e crianças com mais de 11 anos de idade, o violino 4/4 é o tamanho mais indicado. Já para a faixa etária de 9 a 11 anos, o ¾ é o tipo recomendado, enquanto o ½ fica para os pequenos de 6 a 9 anos. 

Como saber se o violino é bom?

Para saber se um violino é bom antes da compra, pesquise a opinião de outros clientes em sites de avaliação e confira análises completas, como as presentes neste artigo. Acima de tudo, um bom violino é aquele que se adequa ao seu orçamento e não tem problemas de construção. 

Como escolher um bom violino para comprar?

Primeiramente, defina o tamanho ideal do violino para você e estabeleça um orçamento. Depois disso, pesquise marcas e modelos diferentes, observando atentamente as especificações técnicas a fim de comparar os produtos com imparcialidade. Utilize o guia deste artigo para avaliar a qualidade dos materiais e acessórios dos violinos pesquisados. 

O que é um violino 4 por 4?

O violino 4/4 nada mais é do que o tamanho padrão e mais utilizado do instrumento. Também chamado de “violino inteiro”, ele é o tipo adequado para adultos e crianças com mais de 11 anos de idade. 

Qual a melhor madeira para arco de violino?

Pau-brasil é considerada a melhor madeira para arcos de violino, pois apresenta bom acabamento, grande resistência e excelente flexibilidade. Ao mesmo tempo, a madeira ipê é cada vez mais comum em arcos, uma vez que o pau-brasil se encontra sob risco de extinção.

Conclusão: O violino Dominante é bom ou não?

Chegamos, então, à parte final do nosso artigo. Para que não restem dúvidas: sim, o violino Dominante é bom para iniciantes e até intermediários. Tem boa construção, belo acabamento e um timbre bastante convincente, além de preço justo.

Se você realmente está com o orçamento apertado, vale considerar o violino Alan AL-1410. Ele tem materiais mais simples do que o Dominante, mas com qualidade satisfatória para quem está começando.

Em contrapartida, caso você dê preferência para violinos todos sólidos, saiba que o Eagle VE441 é uma ótima opção de compra, com excelente custo-benefício. Ele é bem parecido com o Dominante, mas tem a vantagem de não usar madeiras compensadas em sua estrutura.

E aí, qual o seu modelo preferido? Esta é a hora de você bater o martelo e realizar a sua compra! Depois, é só aproveitar e estudar muito o seu novo violino.

Grande abraço, muita música para você!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.