Início » Teclado Casio CTK-3500 é Bom? Vale a Pena?
Teclado Casio CTK-3500 é Bom? Vale a Pena?

Teclado Casio CTK-3500 é Bom? Vale a Pena?

Deixe-me adivinhar: você está procurando um teclado de boa qualidade e preço justo. Assim, você realizou algumas pesquisas e agora quer confirmar se o teclado Casio CTK-3500 é bom, certo?

Então, você está lendo o artigo certo. Hoje, vamos detalhar as características técnicas do modelo, pontuando seus prós e contras. Além disso, iremos apresentar duas alternativas de outras marcas para você analisar.

Sobre o Teclado Casio CTK-3500

Teclado Casio CTK-3500

✅ 61 teclas com sensibilidade

🚫 Não é dos mais baratos

✅ Completo em recursos

✅ Marca renomada 

Antes de mais nada, vamos conhecer as características técnicas do modelo? O teclado Casio CTK-3500 tem 61 teclas com 2 níveis de sensibilidade ao toque, 400 vozes e 100 ritmos de acompanhamento. Para completar, conta com 60 músicas integradas e polifonia de 48 sons simultâneos, além de permitir o salvamento de músicas externas.  

Possui ainda as funções de lição, dedilhado em áudio, dance music, avaliação de desempenho e conexão com aplicativo. O par de alto-falantes entrega 2 watts de potência sonora, sendo que o aparelho oferece conexão USB e entradas de fone de ouvido, de pedal de sustentação e de áudio auxiliar.  

Pesando cerca de 3,4 kg, o teclado tem 94,6 cm de comprimento e vem com suporte de partitura. O preço não é dos mais baixos, mas ainda assim acessível. 

Resumindo, o teclado CTK-3500 apresenta boa qualidade para iniciantes e até intermediários. É bastante versátil, completo e intuitivo, com o selo de qualidade da renomada marca Casio. 

Ficha técnica:

  • Teclas: 61
  • Polifonia: 48
  • Timbres: 400
  • Canções: 60
  • Ritmos: 100
  • Peso: 3,4 kg
  • Medidas: 94,6 (L) x 30,7 (P) x 9,2 (A) cm

Como saber se o teclado Casio CTK-3500 é bom?

É preciso tomar alguns cuidados antes de comprar um teclado. Afinal de contas, esse instrumento musical não é barato e acompanhará o usuário por anos. Então, para acertar na compra, comece pesquisando a opinião de outros clientes. 

Nesse sentido, sites com comentários de compradores, como Amazon e Reclame Aqui, podem te ajudar nessa tarefa. Confira se os modelos em vista são bem avaliados e não possuem relatos de problemas. 

Ao mesmo tempo, é necessário compreender as características técnicas do equipamento a fim de comparar os diferentes exemplares com propriedade. Em seguida, explicaremos de forma objetiva os principais aspectos que diferenciam os teclados musicais para te ajudar nessa tarefa.   

Teclas

O número de teclas costuma variar de 25 a 88 dependendo do instrumento – no entanto, dê preferência para os modelos com no mínimo 61, ou seja, 5 oitavas. Lembre-se de que, quanto mais teclas, maior e mais pesado será o equipamento. 

Outro fator importante é a sensibilidade. Muitos modelos contam com ajuste do “peso” das teclas, tornando a execução mais confortável ao músico. 

Alto-falantes

Teclados com alto-falantes integrados facilitam o estudo do instrumento, pois não precisam necessariamente de fones de ouvido ou de caixas de som externas. 

Via de regra, quanto maior um alto-falante, mais encorpado seu som será. Já o volume sonoro indica a potência suportada pelos falantes, sendo mostrado em watts. 

Conexões

Conexões como saída de fones de ouvido, entrada para pedal de sustentação, porta USB e entrada de áudio auxiliar são bastante comuns e importantes para quem deseja explorar ao máximo o seu teclado. 

Alguns modelos mais baratos não possuem ampla gama de conexões, por isso é importante observar a ficha técnica com atenção. 

Polifonia

Esse termo nada mais é do que o número de sons simultâneos que o teclado é capaz de reproduzir. Teclados de mais qualidade têm um número mais alto de polifonia. 

Vozes

As vozes são os vários timbres contidos no teclado. Por exemplo: sons de pianos, órgãos, sintetizadores etc. Um alto número de timbres torna o teclado teoricamente mais versátil – porém, se você for iniciante, tenha cuidado para não se perder com as várias opções disponíveis.   

Funções

Muitos teclados possuem funções inteligentes que auxiliam o estudo e a prática do instrumento. É normal encontrarmos modos de lições, acompanhamento, criação de músicas e formação de acordes. 

Então, principalmente para iniciantes, as funções extras podem fazer a diferença. Nesse sentido, novamente recomendamos que as especificações técnicas sejam analisadas de forma atenciosa.  

Alternativas para o teclado Casio CTK-3500

Uma vez que tenha conferido com atenção a análise acima, agora você já deve ter confirmado que o teclado Casio CTK-3500 é realmente bom, certo?

No entanto, aguarde um pouco antes de bater o martelo. Em seguida, trazemos a análise de dois modelos de outras marcas. Assim, você terá um maior leque de opções. Vamos lá!

1. Teclado Musical PSR F52 – Yamaha

Teclado Musical PSR F52 - Yamaha

✅ Indicado para iniciantes

🚫 Conexões limitadas

✅ 61 teclas

✅ Marca tradicional

A nossa primeira opção é produzida pela Yamaha, mais uma marca de teclado bastante tradicional. Esse modelo é mais barato do que o Casio, com opções um pouco mais simples, sendo indicado para quem está começando a tocar.

Apresenta 61 teclas no total, 136 vozes, 8 kits de bateria, 158 estilos de acompanhamento e 69 músicas integradas. Trabalha com 2 alto-falantes que entregam 2,5 watts, enquanto a polifonia chega a 32 sons. 

Também conta com recursos de metrônomo, painel sustain, chorus, reverb e sound boost, com acesso a um songbook digital. Tem saída para fone de ouvido, mas não possui entradas USB e para pedal de sustentação. Acompanha suporte de partitura, pesa 2,8 kg e tem 92 cm de largura. Assim, é leve e portátil.   

Ficha técnica:

  • Teclas: 61
  • Polifonia: 32
  • Timbres: 136
  • Canções: 69
  • Ritmos: 158
  • Peso: 2,8 kg
  • Medidas: 92 (L) x 26,6 (P) x 7,3 (A) cm

2. Teclado Estudante TC-261 – Spring

Teclado Estudante TC-261 - Spring

✅ Baixo preço

🚫 Peso elevado

✅ Versátil

✅ Bom para iniciantes

Se você realmente está com orçamento apertado, vale dar uma chance a esse teclado da marca Spring. 

Com 61 teclas, o modelo apresenta 300 vozes, 300 ritmos e 30 músicas. Também conta com display, plugue para fone de ouvido, entrada para microfone e efeito vibrato/sustain. 

O equipamento vem com fonte de alimentação e suporte para partitura, além de contar com acabamento satisfatório. Tem 85 cm de largura e cerca de 5 kg, sendo mais pesado do que os anteriores.

Dessa forma, o modelo tem boa versatilidade, mas deixa a desejar quando o assunto são funções avançadas. Ainda assim, é satisfatório para quem está começando. 

Ficha técnica:

  • Teclas: 61
  • Timbres: 300
  • Canções: 30
  • Ritmos: 300
  • Peso: 5 kg
  • Medidas: 85 (L) x 33 (P) x 12 (A) cm

Perguntas frequentes

Qual o melhor teclado para quem está começando a tocar?

Para quem está aprendendo as primeiras notas ou só toca em casa, os teclados arranjadores são as melhores opções de compra, porque são bastante intuitivos. Além disso, costumam oferecer funções especiais que estimulam o aprendizado.

Quais teclados da Casio têm teclas sensitivas?

De acordo com o site oficial da Casio e considerando os teclados arranjadores e de estudo, os seguintes modelos têm teclas com diferentes níveis de sensibilidade: CT-S1, CT-S300, CT-S400, CT-S500, CT-S1000V, CT-X700, CT-X800, CT-X3000, CT-X5000, CTK-3500, MZ-X500, WK-7600, LK-S250, LK-265 e LK-S450. 

Como escolher um teclado para comprar?

Primeiramente, defina um orçamento e reflita sobre o que espera de um teclado. A partir daí, pesquise modelos que possuam os recursos necessários. Para confirmar se um teclado tem boa qualidade, observe as especificações do produto a fim de conhecer as características de número de teclas, vozes, polifonia, conexões e alto-falantes, como explicamos aqui neste artigo. 

Quanto tempo leva para aprender a tocar teclado?

Essa é uma pergunta de difícil resposta, já que depende diretamente do empenho e da facilidade natural de cada pessoa. Ao considerarmos uma média geral, são necessários de 6 a 12 meses para desenvolver minimamente a técnica básica, sendo possível tocar músicas com certa desenvoltura. Porém, dominar o instrumento por completo leva anos de prática. 

Qual é a melhor marca de teclado?

No âmbito mundial, é possível afirmar que as maiores e mais populares marcas de teclado são Casio, Yamaha, Roland e Korg. Tenha em mente que todas produzem instrumentos de diferentes preços e níveis de construção, portanto sempre analise com atenção as características técnicas dos produtos. 

Conclusão: O teclado Casio CKT-3500 é bom ou não?

E aí, curtiu as informações trazidas no artigo de hoje? Então, respondendo categoricamente à pergunta inicial: sim, o teclado Casio CKT-3500 é bom. O modelo é bem completo em funções, com timbres convincentes e positiva versatilidade. Por isso, é uma boa opção de compra para iniciantes e intermediários. 

No entanto, se você tem um orçamento mais limitado, duas alternativas boas e baratas são os teclados Yamaha PSR F52 e Spring TC-261. Conforme analisamos neste artigo, eles são um pouco mais limitados em recursos do que o Casio, mas não deixam de ser satisfatórios para quem é principiante.

Então, chegou a hora de você tomar a sua decisão. Realize a compra do seu modelo favorito agora mesmo! Desejamos muitas alegrias com seu novo companheiro musical. 🙂

Grande abraço, nos vemos em breve!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.