Início » Violão Winner é Bom? Vale a Pena?
Violão Winner é bom?

Violão Winner é Bom? Vale a Pena?

Olá, futuro mestre do violão! Tudo bem por aí? Olha só, comprar o primeiro instrumento é empolgante, mas também um desafio, porque o mercado tem uma infinidade de opções. Se você está nessa situação, saiba que o artigo de hoje tem tudo para te ajudar. Aqui, vamos responder à seguinte pergunta: o violão Winner é bom? Vale a pena?

Dessa forma, você vai conhecer as particularidades dessa marca que tem conquistado cada vez mais espaço no Brasil. Para isso, a nossa equipe selecionou e analisou dois violões da empresa, além de indicar alternativas de outras fabricantes. Em todos eles, destacamos os prós e contras dos produtos, além de listar suas características técnicas. 

Então, se você não sabe como comprar o seu primeiro violão, continue com a gente!

Sobre a Winner

Primeiramente, que tal conhecermos um pouco mais sobre a empresa? Bom, a Winner é uma das marcas que são distribuídas no Brasil pelo grupo Izzo, que já tem vasta bagagem no setor musical do país. 

Geralmente, os violões da Winner são fabricados na China e possuem construção bastante simples. Resultado disso, apresentam valor bem acessível, sendo uma opção interessante para quem está aprendendo as primeiras notas. 

Dessa forma, ao considerar um violão da marca Winner, é preciso ter as expectativas realistas. Provavelmente, o instrumento não terá a mais alta qualidade, mas isso não quer dizer que não cumprirá a sua função de forma competente, certo?

Como saber se o violão Winner é bom?

Antes de mais nada, é preciso saber que um bom violão deve obrigatoriamente ter algumas qualidades essenciais, incluindo afinação estável, bom timbre e pegada confortável. Se o instrumento falhar em alguma dessas áreas, o desempenho do músico não será o melhor possível. Nesse caso, é melhor procurar outra alternativa. 

As demais características técnicas são variáveis e dependem do gosto de cada pessoa. Por exemplo, uns gostam de cordas de nylon, enquanto outros curtem as de aço; alguns músicos precisam de captação, pois fazem shows; já os profissionais não abrem mão dos instrumentos com madeiras sólidas, mas pagam um preço alto por esse luxo. Enfim, cada um tem os seus gostos e necessidades, não é mesmo?

Com isso em mente, reflita sobre o que você espera de um violão. Assim, será mais fácil analisar as características técnicas dos modelos que está pesquisando, descartando os que fogem da proposta que você estabeleceu. 

Além disso, antes de comprar um violão, você pode realizar algumas ações interessantes para ter mais confiança na compra. Nesse contexto, assista a vídeos de demonstração dos produtos e pesquise a opinião de outros clientes em sites como a Amazon e o Reclame Aqui, combinado?

Agora, basta de delongas, pois chegou o momento de conferirmos a análise de dois violões Winner. Vamos lá!

1. Violão Clássico Nylon AW20 – Winner

Violão Clássico Nylon AW20 - Winner

✅ Som macio e suave

🚫 Construção simples

✅ Preço baixo

Aqui está um violão de tamanho padrão da Winner, que é bastante popular e com preço acessível. Então, se você está começando a tocar ou não tem condições de investir uma grande quantia neste momento, esse é um candidato que merece ser considerado. 

Com cordas de nylon e corpo no formato clássico, o AW20 não tem captação. O corpo e a escala são construídos de linden, além de o instrumento usar nato para o braço. O acabamento é preto, já as tarraxas são cromadas.

De forma resumida, podemos afirmar que a construção e o som desse violão são bem simples. Isso quer dizer que ele não apresenta alta durabilidade ou grande riqueza sonora, mas atende bem os iniciantes. O som é satisfatório, e a pegada é confortável

Ficha técnica:

  • Tipo: Acústico
  • Cordas: Nylon
  • Tampo: Linden
  • Laterais e fundo: Linden
  • Braço: Nato
  • Escala: Linden escurecido
  • Cor: Natural

2. Violão Infantil Nylon 36 – Winner

Violão Infantil Nylon 36 - Winner

✅ Para crianças

🚫 Volume limitado

✅ Preço baixo

Caso você esteja procurando um violão para uma criança de 8 a 12 anos de idade, saiba que o Winner Estudante 36 é bom candidato, pois tem tamanho reduzido (3/4). Assim, os pequenos se sentirão mais confortáveis em estudar o instrumento. Legal, né?

A unidade acústica tem tampo, lateral e fundo em linden, braço de nato e escala de rosewood. Conta ainda com tarraxas cromadas e cordas de nylon. O som é básico, sem muito volume, mas não compromete o aprendizado. Por fim, o preço é acessível.

Ficha técnica:

  • Tipo: Acústico
  • Cordas: Nylon
  • Tampo: Linden
  • Laterais e fundo: Linden
  • Braço: Nato
  • Escala: Rosewood
  • Cor: Natural

Alternativas para o violão Winner

E aí, conseguiu confirmar se o violão Winner é bom para você? Antes de eleger o seu modelo favorito, aguarde um instante! Em seguida, trazemos mais duas análises, porém de instrumentos de outras fabricantes. 

Assim, a sua pesquisa será enriquecida, pois você terá um maior leque de opções e poderá comparar os diversos modelos para achar o melhor violão para a sua necessidade. Acompanhe!

1. Violão Clássico Nylon C40MII – Yamaha

Violão Clássico Nylon C40MII - Yamaha

✅ Boa construção  

🚫 Preço mais elevado

✅ Timbre agradável 

✅ Marca conceituada

Aos que não se importam de investir uma maior quantia para comprar um violão mais definitivo, essa é uma ótima opção de compra.

O modelo C40MII é fabricado pela tradicional marca internacional Yamaha, conta com cordas de nylon e não possui sistema de captação. O grande destaque do instrumento é a acertada seleção de madeiras, veja bem: tampo de spruce, braço de nato, corpo de meranti e escala de rosewood. As madeiras são laminadas, com acabamento na cor natural e uma camada de verniz fosco – essa característica confere mais naturalidade ao toque.  

 Mas e o som? Bom, o timbre desse violão é bastante equilibrado em todas as regiões sonoras, com um belo destaque nas frequências altas, sem perder o corpo. Obviamente, não podemos comparar a projeção desse modelo com a de um violão feito com madeiras sólidas, porém não deixa de ser interessante, especialmente para quem está começando. 

Enfim, esse é um violão de um nível superior aos da Winner. Consequentemente, tem um preço de mercado mais elevado.   

Ficha técnica: 

  • Tipo: Acústico 
  • Cordas: Nylon 
  • Corpo: Meranti 
  • Tampo: Spruce 
  • Braço: Nato 
  • Escala: Rosewood 
  • Tarraxas: Douradas 
  • Cor: Natural 

2. Violão Flat Nylon SL200C MGS – Strinberg

Violão Flat Nylon SL200C MGS - Strinberg

✅ Som detalhado

🚫 Preço mais elevado

✅ Com captação

✅ Belo acabamento

A Strinberg é uma marca caracterizada pelo bom custo-benefício. Em outras palavras, os instrumentos da fabricante costumam apresentar qualidade aliada a preço justo.

Falando especificamente do modelo SL200C, ele tem cordas de nylon e corpo flat, que é mais fino do que o normal. Resultado disso, o conforto é ampliado, mas o timbre se torna um pouco menos poderoso nos graves. 

Esse exemplar tem corpo de sapele, tampo de spruce sapele, braço de nato, escala de blackwood e tarraxas cromadas com botões em madrepérola. O acabamento é escuro, na cor da madeira, com verniz fosco. Juntas, essas características geram um visual rústico muito interessante ao instrumento.

O exemplar tem um timbre bem detalhado e claro, incluindo sistema de captação para ser ligado a caixas externas em apresentações ao vivo. Assim, esse instrumento cai bem tanto para iniciantes quanto intermediários. O preço é justo para o que o violão oferece, mas é o mais alto do nosso artigo de hoje.

Ficha técnica: 

  • Tipo: Eletroacústico 
  • Cordas: Nylon 
  • Corpo: Sapele 
  • Tampo: Spruce Sapele 
  • Braço: Nato 
  • Escala: Blackwood 
  • Tarraxas: Cromadas  
  • Cor: Natural 

Conclusão: O violão Winner é bom ou não?

Chegamos à parte final do nosso artigo. Porém, muita calma, pois o conteúdo não acabou ainda. Em seguida, confira o resumo das informações vistas aqui hoje!

Afinal, o violão Winner é bom ou não? Veja bem: para iniciantes no mundo da música, os violões da Winner são boas opções de compra. Apesar da construção e dos materiais simples, eles têm timbre agradável e conforto satisfatório, não comprometendo o aprendizado. Porém, quando o músico atingir o nível intermediário, ele precisará de um violão de melhor qualidade, isso é inegável. 

Portanto, caso você prefira investir um pouco mais para comprar um violão capaz de te acompanhar por longos anos, recomendamos que considere os seguintes modelos: Yamaha C40MII e Strinberg SL200C MGS. Nesse sentido, ambos apresentam belo timbre e bom acabamento, porém apenas o segundo tem sistema de captação, ok?

Então, agora é com você! Chegou a hora de bater o martelo e escolher o seu instrumento predileto. Não perca tempo e já efetue a compra do seu novo violão! Depois, é só se dedicar e se divertir com seu novo companheiro. Vocês terão muitos momentos especiais juntos, temos certeza!

Foi um prazer contar com a sua companhia no artigo de hoje. Em breve, teremos mais análises bacanas por aqui, ok? Grande abraço, até a próxima!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.