Início » Violão Giannini Start N14 é bom? Vale a Pena?
Violão Giannini Start N14 é bom?

Violão Giannini Start N14 é bom? Vale a Pena?

Definitivamente, comprar o primeiro violão é um momento muito especial. Porém, quando começamos a fase de pesquisa, logo percebemos que a escolha de um instrumento não é tão fácil quanto parece. Portanto, para te ajudar nessa missão, hoje vamos destrinchar as características de um modelo muito popular. Afinal, o violão Giannini Start N14 é bom?

Nesse sentido, iremos pontuar os prós e contras do produto e apresentar alternativas similares de outras fabricantes. Além disso, você poderá conferir um pequeno guia sobre os principais aspectos a serem observados antes de comprar um violão.

Vamos nessa!

Sobre o violão Giannini Start N14

violão Giannini Start N14

✅ Bom para iniciantes 

🚫 Construção simples 

✅ Baixo preço 

✅ Som agradável

Antes de mais nada, é importante ter em mente que a Giannini é uma das principais marcas nacionais de instrumentos musicais. Os violões são o carro-chefe da empresa, que atua no segmento há mais de 120 anos.

Dessa forma, o modelo N14 se destaca como um dos mais populares do catálogo da companhia. Desenvolvido para quem está começando a tocar, o produto tem um valor de mercado bastante acessível. 

De acordo com informações do site oficial da Giannini, o modelo acústico é fabricado na China, tem cordas de nylon e formato clássico. As madeiras são as seguintes: corpo de basswood, escala de sabina maciça e braço de okoume. O acabamento é natural, ou seja, na cor da própria madeira, com uma camada final de verniz brilhante. Para concluir, as tarraxas são niqueladas e de pino grosso

A princípio, o som desse instrumento é agradável, com uma essência doce e delicada. O volume não é dos mais elevados, mas esse fator não chega a atrapalhar o estudo do instrumento. Porém, note que a construção é bem simples. Em outras palavras, quando o músico chegar ao nível intermediário, é provável que ele queira buscar um instrumento de melhor qualidade. 

Ficha técnica: 

  • Tipo: Acústico  
  • Cordas: Nylon  
  • Tampo: Basswood  
  • Laterais e fundo: Basswood  
  • Braço: Okoume   
  • Escala: Sabina maciça  
  • Cor: Natural

Como saber se o violão Giannini Start N14 é bom?

Como já mencionamos, comprar um violão não é tarefa das mais fáceis. Há muitos modelos e variações, o que naturalmente acaba deixando o comprador em dúvida. Dessa forma, aqui vão algumas dicas para comprar um violão.

Primeiramente, estabeleça um orçamento limite. Depois, reflita sobre a sua real necessidade: você quer um violão para estudar ou tocar ao vivo? Gosta mais do som das cordas de nylon ou aço? Prefere acabamento natural ou com pintura?

Uma vez que você tenha respondido a essas questões, é o momento de pesquisar e listar os seus modelos preferidos. Por fim, compare as características técnicas dos candidatos e pesquise a opinião de outros músicos em sites de avaliação, como a Amazon e o Reclame Aqui. Ah, assistir a vídeos de demonstração é interessante para conferir o timbre dos instrumentos.

Em seguida, você pode acompanhar um pequeno guia sobre os principais aspectos que diferenciam os violões disponíveis no mercado. 

Cordas

O tipo de encordoamento tem impacto direto no timbre de um violão. Nesse sentido, as cordas de nylon têm um som mais doce e aveludado, caindo bem para bossa nova, MPB e peças eruditas. Ao mesmo tempo, elas são mais macias ao toque.

Por outro lado, as cordas de aço se destacam para ritmos com palheta, pois têm um timbre metálico e brilhante que funciona muito bem para pop, rock, blues e worship, por exemplo. Via de regra, elas são um pouco mais duras para tocar.

Materiais

O melhor tipo de violão é aquele que tem madeiras sólidas. Dessa forma, o som é muito ressonante e encorpado. No entanto, esse tipo de construção é complexo e caro.

Então, instrumentos para iniciantes normalmente possuem madeiras laminadas. Se você não sabe quais madeiras são boas para violão, aqui uma pequena lista para se basear: rosewood, nato, mogno, sapele, spruce, maple, koa e linden.

Portanto, se um instrumento apresentar pelo menos algumas dessas madeiras, já é um bom sinal, ok?

Tipos

Há dois principais tipos de violões: acústicos e eletroacústicos. Os primeiros não possuem captação, portanto não podem ser ligados a caixas de som externas via cabo. Ou seja, para fazer uma apresentação, será necessário microfonar o instrumento, o que pode não ser tão prático. Portanto, os violões acústicos são mais indicados para estudo e pequenas reuniões de pessoas. 

Por outro lado, chamados popularmente de “elétricos”, os violões eletroacústicos possuem sistema de captação. Resultado disso, você pode plugar um cabo no instrumento para mandar o sinal diretamente para mesas de som, caixas externas, interfaces de áudio e por aí vai. Assim, ele é mais prático, mas também tem um custo um pouco mais elevado. 

Alternativas para o violão Giannini Start N14

E aí, já conseguiu confirmar se o violão Giannini Start N14 é bom para você? Antes de bater o martelo, confira as informações a seguir, pois analisaremos dois modelos similares de outras fabricantes para te ajudar ainda mais. 

 1. Violão Nylon VM15NY – Michael

 Violão Nylon VM15NY - Michael

✅ Baixo preço

🚫 Construção simples

✅ Cordas de nylon

✅ Som agradável

Esse violão é produzido pela Michael, outra fabricante que preza o bom custo-benefício. Nesse sentido, as características são bem parecidas com as do Giannini: formato clássico e cordas de nylon. 

O visual do instrumento é bem minimalista, com pintura na cor preta brilhante. Sem sistema de captação, apresenta corpo de linden, braço de basswood e escala de dark maple. Por sua vez, as tarraxas são douradas com borboletas de madrepérola.

Novamente, esse é um modelo de construção e sonoridade simples. Porém, é competente em ajudar os novos músicos no aprendizado do instrumento. O preço está em uma faixa de preço parecida com a do Giannini N14. 

Ficha técnica:

  • Tipo: Acústico
  • Cordas: Nylon
  • Corpo: Linden
  • Braço: Basswood
  • Escala: Dark Maple
  • Tarraxas: Douradas
  • Cor: Preto

2. Violão Acústico Nylon C40MII – Yamaha

Violão Acústico Nylon C40MII - Yamaha

✅ Boa construção  

🚫 Preço mais elevado

✅ Timbre agradável 

✅ Marca conceituada

Se você prefere investir mais dinheiro para ter um violão que vai te acompanhar por muitos e muitos anos, esse modelo aqui é um belo candidato.

Produzido pela conceituada marca internacional Yamaha, o instrumento conta com encordoamento de nylon e é apenas acústico. Apresenta ótima seleção de madeiras, com tampo de spruce, braço de nato, corpo de meranti e escala de rosewood. O acabamento é natural com camada de verniz fosco, o que dá suavidade ao toque.  

  Falando de som, esse violão é muito equilibrado em todas as frequências, com destaque adequado e bom corpo sonoro. A projeção não se compara à de um violão com madeiras sólidas, mas não deixa de ser satisfatória. 

Resumindo, esse é um instrumento que está um patamar acima dos anteriores, porém custa praticamente o dobro do valor.  

Ficha técnica:

  • Tipo: Acústico 
  • Cordas: Nylon 
  • Corpo: Meranti 
  • Tampo: Spruce 
  • Braço: Nato 
  • Escala: Rosewood 
  • Tarraxas: Douradas 
  • Cor: Natural 

Perguntas frequentes

Quais são as melhores marcas de violão?

De forma geral, considerando a opinião dos músicos profissionais, há um senso comum de que entre as melhores marcas de violão do planeta estão Martin, Taylor, Gibson, Yamaha, Takamine, Washburn e Guild.

Qual o melhor tipo de violão para iniciantes?

Os violões acústicos com cordas de nylon são bastante populares entre os iniciantes, pois têm preço acessível e são macios ao toque dos dedos. No entanto, nada impede que um principiante opte por um violão com cordas de aço se esse é o timbre que ele prefere. Seja como for, é altamente recomendado que o instrumento seja regulado por um profissional após a compra. Assim, o estudante se sentirá confortável com o violão. 

O que é um violão Start?

A série Start da Giannini é voltada para músicos que estão dando os primeiros passos na jornada de aprender um instrumento. Por isso, os violões Start têm construção simples, som agradável, pegada confortável e preço acessível. 

Qual a diferença entre violão erudito e popular?

Um violão erudito normalmente tem formato clássico e cordas de nylon. Quem opta por essa vertente prioriza o estudo formal de música, além de tocar com os dedos e fazer arranjos completos, que incluem harmonia e melodia ao mesmo tempo. Já um violão popular é voltado para o acompanhamento harmônico de canções, podendo ser tocado com palheta ou com os dedos, além de ter encordoamento de nylon ou de aço.  

O que é preciso saber para tocar violão?

Para aprender violão, você precisa apenas de força de vontade. Porém, antes de tocar uma música, é recomendado que você já conheça as partes do instrumento, as notas musicais,  as principais formações de acordes e as cifras também. 

Conclusão: O violão Giannini Start N14 é bom ou não?

Aqui se encerra o nosso artigo. Então, para fechar com chave de ouro, que tal fazermos um resumo das informações de hoje? Vamos lá!

O violão Giannini Start N14 é bom para quem está começando a tocar. Apesar de ter construção bastante simples, possui baixo preço e som agradável. Ou seja, é uma boa opção para iniciantes, porém pode não atender a músicos de nível intermediário.

Nesse sentido, outra opção bastante similar é o violão Michael VM15NY. Ele tem características e valor de mercado bem parecidos com o Giannini. Então, a escolha fica a seu critério, ok? Por outro lado, se você prefere investir um pouco mais para ter um violão de nível superior, recomendamos fortemente o modelo Yamaha C40MII.

Então, não espere mais e compre o seu violão preferido agora mesmo! Vocês terão momentos inesquecíveis juntos, pode apostar.

Grande abraço!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.