Início » Ukulele Giannini é Bom? Vale a Pena?
Ukulele Gianini é bom

Ukulele Giannini é Bom? Vale a Pena?

Fique tranquilo, você está no caminho certo! Para início de conversa, hoje nós vamos analisar uma das melhores fabricantes de instrumentos de corda do Brasil. Mas, será que o Ukulele Giannini é bom? Ele vale a pena? 

O Ukulele ganhou popularidade no Hawai. No entanto, seu timbre já conquistou o mundo todo. Para descobrir se a Giannini acertou na fabricação deste instrumento, então leia o texto até o final. 

Sobre a Giannini

Apesar de ser uma empresa brasileira, a Giannini foi fundada por um luthier italiano. Tranquillo Giannini fundou a sua marca em 1900. No início, ela era capaz de produzir 2500 violões por ano. 

Na época, Tranquillo divulgava seus violões entre os artistas e os boêmios. Não demorou muito para a empresa decolar. Ela foi nacionalizada em 1948, tornando-se em uma sociedade anônima. 

A partir dos anos 1960, os violões e guitarras da fabricante brasileira passaram pelas mãos de grandes artistas. Ela contribui com o desenvolvimento de grandes gêneros musicais, como a Jovem Guarda e Bossa Nova. Hoje, os Ukelele Giannini estão se destacando no cenário musical. 

Como saber se o Ukulele Giannini é bom?

Em primeiro lugar, vale lembrar que a Giannini é uma referência na construção de instrumentos de corda. Recentemente, a empresa decidiu fabricar o Ukulele. Portanto, é importante saber o que os consumidores dizem sobre o instrumento. 

Nesse sentido, os Ukulele Giannini tem ótimas avaliações na Amazon. O modelo Soprano UKS-21, por exemplo, tem nota 4,9. Ademais, 88% dos consumidores avaliaram em 5 estrelas. 

Sobre a Giannini, no site Reclame Aqui, ela tem uma reputação fora de série. De acordo com o portal, a fabricante tem nota 9,4, respondeu todas as reclamações e 87% dos clientes voltariam a comprar seus produtos. 

1. Ukulele Concerto- Giannini

Ukulele Concerto- Giannini

Prós

Contras

✅ Indicado para músicos iniciantes e intermediários 

🚫 Tarraxas instáveis 

✅ Concert

✅ Boa Projeção Sonora

🚫 Frágil

Antes, vale frisar que o Ukulele Concert é um pouco maior que o Soprano. Por isso, ele tem mais casas e espaço entre os trastes é um pouco maior. Além disso, é um instrumento indicado aos músicos intermediários. 

O Ukulele Concerto Giannini é do tamanho 23. Tem doze trastes e as tarraxas para a afinação são blindadas. O seu corpo é construído em Linden, enquanto o braço e a escala é em Chinese Solid Wood. 

O acabamento acetinado fosco dá um caráter mais fechado para a sua estética. Vem com Bag, afinador e palhetas. O Ukulele Concerto Giannini, mais um da série Start, é uma ótima opção de compra.  

Ficha técnica:

  • Concert
  • 12 trastes
  • tarraxas blindadas 
  • Corpo em Linden
  • Braço e escala em Chinese Solid Wood
  • Acompanha bag, afinador e palheta 
  • ‎50 x 20 x 10 cm; 4 Kg

2.Ukulele Soprano UKS-21 NS – Giannini

Ukulele Soprano UKS-21 NS - Giannini

Prós

Contras

✅ Indicado para músicos iniciantes e intermediários 

🚫 Tarraxas instáveis 

✅ Soprano

✅ Timbre mais agudo

🚫 Frágil

Agora, vamos analisar o Ukulele Soprano Giannini. Este tipo é um pouco menor que o Concert, e possui um timbre mais agudo. É o modelo mais popular entre os músicos. 

O Ukulele Soprano Giannini também faz parte da série Start, uma linha voltada para músicos iniciantes. Ele vem com doze trastes e tarraxas blindadas, como o modelo anterior. As cordas são de nylon, é a regra neste instrumento. 

Enquanto o braço e a escala são, também, em Chinese Solid Wood, o corpo é em Linden. O acabamento em verniz fosco dá um toque especial para este instrumento. O Ukulele Soprano Giannini é indicado para quem quer começar a tocar com um ótimo instrumento. 

Ficha técnica:

  • Soprano
  • 12 trastes
  • tarraxas blindadas 
  • Corpo em Linden
  • Braço e escala em Chinese Solid Wood
  • Acompanha bag
  • ‎‎55 x 8 x 24 cm; 660 g

Alternativas para Ukulele Giannini

Não há dúvida que, tanto o Ukulele Giannini Soprano, como o Concerto, são ótimos instrumentos musicais. Porém, o mercado oferece outras opções. Elas são tão boas quanto os modelos analisados até aqui. 

O primeiro que vamos analisar é o Ukulele Concert da Winner. O segundo é do tipo Soprano fabricado pela Altomex. Nesse sentido, são modelos equivalentes aos da Giannini. 

1. Ukulele Concert UW23CS – Winner

Ukulele Concert UW23CS - Winner

Prós

Contras

✅ Melhor custo benefício

🚫 Frágil

✅ Concert

✅ 18 trastes

A primeira alternativa ao Giannini é o Ukulele Concert da Winner. É um instrumento diferenciado em razão da sua construção. Além disso, vem com cordas Aquila, as mais indicadas para a categoria. 

O Ukulele Concert da Winner tem o corpo construído em Sapele Laminado. O braço é em nato, enquanto a escala e o cavalete é em Black Wood. Diferente dos modelos anteriores, vem com 18 trastes, enquanto aqueles vinham com 12. 

As tarraxas são blindadas, do tipo Diecast. Com o desconto, ele é um pouco mais barato que os modelos anteriores. Enfim, o Ukulele Concert da Winner é um ótimo instrumento musical e tem mais recursos que os da Giannini.  

Ficha técnica:

  • Concert
  • 18 trastes
  • tarraxas blindadas Diecast
  • Corpo em Sapele Laminado
  • Braço e escala em Black Wood
  • Encordoamento Aquila 
  • ‎‎‎26 x 10 x 63 cm; 700 g

2. Ukulele Acústico Soprano – Altomex

Ukulele Acústico Soprano - Altomex

Prós

Contras

✅ Barato

🚫 Frágil

✅ Indicado para iniciantes

🚫 Timbre ruim 

Por fim, tem-se o Ukulele Soprano Altomex, um instrumento simples, voltado aos principiantes. É do tipo acústico, ou seja, não vem com captadores e a projeção sonora depende da caixa de ressonância. 

É um instrumento pouco recomendado. Não vem com encordoamento Aquila e há poucas informações disponíveis sobre o instrumento. Nesse sentido, não se sabe qual é a madeira utilizada para a sua fabricação.

Ainda assim pode ser um bom instrumento para quem quer começar a tocar. Contudo, os produtos da Giannini e da Winner são melhores. Assim, o Ukulele Soprano Altomex não é a melhor opção de compra.   

Ficha técnica:

  • Soprano
  • 12trastes
  • tarraxas niqueladas
  • Madeira desconhecida
  • Acompanha Back, afinador e palhetas 
  • Encordoamento Nylon
  • ‎‎‎‎200 x 80 x 50 cm; 400 g

Conclusão: O Ukulele Giannini é bom ou não?

Por fim, após analisar os principais prós e contras, podemos concluir que o Ukulele Giannini vale a pena. Tem um ótimo custo benefício e a fabricante é respeitada pelo mercado. Além disso, a maioria dos clientes é fiel à marca.

Agora, sobre as alternativas, o modelo da Altomex pode ser evitado. Em contrapartida, o da Winner é o melhor custo benefício. Assim, concluímos que o Ukulele Giannini é bom, sendo indicado aos músicos iniciantes e intermediários. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.