Início » Violão Crafter é Bom? Vale a Pena?
Violão Crafter é bom

Violão Crafter é Bom? Vale a Pena?

Olá, colega violonista! O artigo de hoje analisará uma das marcas mais famosas quando falamos de instrumentos acústicos com bom custo-benefício. Nesse sentido, daremos todas as informações necessárias para você ter certeza de que o violão Crafter é bom

Dessa forma, a nossa equipe selecionou três violões da marca, listando as especificações técnicas e destacando os prós e contras de cada um. Além disso, apresentamos alternativas de instrumentos de outras fabricantes a fim de que você possa fazer uma comparação mais ampla.

Então, vamos nessa!

Sobre a Crafter

Antes de mais nada, vamos conhecer um pouquinho da história da empresa? A Crafter foi fundada em 1972 pelo sul-coreano HyunKwon Park. Os primeiros instrumentos foram feitos no porão da casa dele, mas logo o negócio cresceu e, na década seguinte, os produtos passaram a ser exportados. 

Atualmente, a Crafter está presente em mais de 40 países, sendo que os violões são o carro-chefe da marca. Os instrumentos apresentam ótima qualidade, seja para iniciantes, intermediários e até profissionais dependendo do modelo. No Brasil, a Crafter é conhecida pelo excelente custo-benefício.

Como saber se o Violão Crafter é bom?

Para saber se um violão é bom, há duas etapas em que devemos ser proativos: antes e depois da compra. Na primeira, reflita sobre a sua real necessidade. Ou seja, defina se você quer um violão com cordas de aço ou nylon, se precisa de sistema de captação, qual o orçamento limite e por aí vai.

Depois, recomenda-se selecionar produtos, ler artigos de análise, assistir a vídeos de demonstração e pesquisar a marca em sites de avaliações de produtos, como a Amazon e o Reclame Aqui.

Assim, você pode descobrir possíveis problemas corriqueiros, evitando dores de cabeça posteriores. Analise se a empresa responde os clientes e dá a solução para cada caso, ok? Um bom pós-venda é muito importante. 

Uma vez que você já esteja com o instrumento em mãos, analise esses três aspectos essenciais: afinação, timbre e conforto. Um bom violão não pode falhar nessas áreas, pois elas são cruciais para um bom desempenho. Caso você encontre problemas, use o período de garantia a seu favor para que eles sejam sanados.

Em seguida, confira a análise de três violões da marca Crafter. 

1. Violão Aço Folk HD-250 – Crafter

Violão Aço Folk HD-250 - Crafter

Prós

Contras

✅ Modelo folk

🚫 Tampo laminado

✅ Bom timbre

✅ Pegada confortável

Começamos a nossa lista com um violão folk da Crafter. Resultado disso, o instrumento tem frequências cheias e equilibradas, com boa projeção.

Apresenta tampo laminado de engelmann spruce, com lateral e fundo de mogno, assim como o braço. A escala e o cavalete são de rosewood, enquanto as tarraxas são cromadas e blindadas, com botões pretos.

O braço é bastante confortável, com a adição do cutway no corpo, que facilita o acesso às últimas casas. O acabamento é muito bonito, na cor sunburst, com uma camada de verniz brilhante. Outra característica positiva é a presença de captação, que fornece bastante praticidade para apresentações ao vivo.

Nesse sentido, o pré-amplificador possui quatro bandas de equalização e afinador embutido. Ah, o instrumento vem equipado de fábrica com cordas de aço D’addario EXP Phosphor Bronze .013. 

Resumindo, esse violão Crafter folk é bom para iniciantes e intermediários, com bons materiais e timbre convincente, mas poderia ser melhor se o tampo fosse sólido em vez de laminado. 

Ficha técnica:

  • Tipo: Eletroacústico
  • Cordas: Aço
  • Tampo: Engelmann Spruce
  • Laterais e fundo: Mogno
  • Braço: Mogno
  • Escala: Rosewood
  • Cor: Sunburst

2.Violão Aço Baby HM-100E – Crafter

Violão Aço Baby HM-100E - Crafter

Prós

Contras

✅ Modelo baby

🚫 Volume sonoro limitado

✅ Compacto e portátil

✅ Com captação

Aqui está um violão Crafter baby, ou seja, de tamanho reduzido. Essa é uma tendência cada vez mais presente no mercado, pois oferece violões com bom timbre e extrema praticidade de transporte.

Dessa forma, o instrumento conta com cordas de aço, tampo de spruce, lateral e fundo de sapele, com acabamento fosco. O braço é de mogno, com escala de rosewood. As tarraxas são cromadas. 

Esse é um violão eletroacústico, ou seja, que tem sistema de captação e pode ser ligado a caixas de som externas. O pré apresenta afinador integrado e equalizador de quatro faixas de frequência. 

O som é bastante agradável, mas não espere o mesmo corpo e volume sonoro de um violão com medidas normais. O grande apelo desse produto é justamente a portabilidade – por ser leve e compacto, pode ser transportado para qualquer lugar com extrema facilidade. 

Ficha técnica:

  • Tipo: Eletroacústico
  • Cordas: Aço
  • Tampo: Spruce
  • Laterais e fundo: Sapele
  • Braço: Mogno
  • Escala: Rosewood
  • Cor: Natural

3. Violão Aço Grand Auditorium – Crafter

Violão Aço Grand Auditorium – Crafter

Prós

Contras

✅ Modelo Grand Auditorium

🚫 Sem captação

✅ Tampo sólido

✅ Bom acabamento

Para fechar as análises da Crafter, trazemos aqui um exemplar Grand Auditorium. Em outras palavras, o corpo tem contornos arredondados muito elegantes, com um timbre de destaque nas frequências médias.

O instrumento apresenta tampo maciço de sitka spruce, que potencializa o sinal de forma bastante pronunciada. As laterais e o fundo são de mogno, assim como o braço, que tem escala de rosewood. As cordas de aço são D’Addario .012, enquanto as tarraxas são blindadas.

Nesse sentido, o violão possui bom conforto e ótima ressonância, com graves bem definidos e agudos na medida certa. Além disso, tem acabamento acetinado, que contribui para o fácil deslizamento das mãos. Em sua versão original, o modelo não apresenta captação.

Ficha técnica:

  • Tipo: Acústico
  • Cordas: Aço
  • Tampo: Sitka Spruce Sólido
  • Laterais e fundo: Mogno
  • Braço: Mogno
  • Escala: Rosewood
  • Cor: Natural

Alternativas para Violão Crafter

Queremos saber, o que você achou das análises acima? Acreditamos que já deu para saber se o violão Crafter é bom, não é mesmo?

Porém, aguarde um minuto antes de tomar a sua decisão, porque agora trazemos dois violões de outras marcas. Assim, você vai poder ter certeza de que está fazendo a melhor escolha.

1. Violão Acústico Aço S-14 – Giannini

Violão Acústico Aço S-14 – Giannini

Prós

Contras

✅ Marca tradicional

🚫 Construção simples

✅ Som agradável

✅ Cordas de nylon

Você deve ter reparado que os três violões anteriores são de cordas de aço, que é a área em que a Crafter mais se destaca. No entanto, caso você prefira o som do encordoamento de nylon, trazemos aqui uma opção da marca brasileira Giannini. 

O instrumento não tem captação e apresenta corpo todo de basswood, com braço de okoume e escala de sabina maciça. O nut é de ABS, enquanto as tarraxas são de pino fino niqueladas. Já o acabamento é preto e possui uma camada de verniz brilhante. 

O timbre do violão é macio e delicado, porém sem grande riqueza sonora. Isso já é previsto em um produto tão barato. Assim, o instrumento se sai bem para quem está começando a tocar, mas, no futuro, precisará ser trocado por um de melhor qualidade para acompanhar a evolução do músico.

Ficha técnica:

  • Tipo: Acústico
  • Cordas: Nylon
  • Tampo: Basswood
  • Laterais e fundo: Basswood
  • Braço: Okoume
  • Escala: Sabina maciça
  • Cor: Preto

2. Violão Folk SD200C TOS – Strinberg

Violão Folk SD200C TOS - Strinberg

Prós

Contras

✅ Visual diferenciado

🚫 Tampo laminado

✅ Com captação

✅ Bom custo-benefício

Para os apaixonados pelo modelo folk que não têm muita verba disponível, esse exemplar da Strinberg merece ser analisado. 

Ao observarmos as fotos do produto, de cara percebemos que o acabamento é bastante singular. A tonalidade tobacco fornece um visual rústico que, junto às marcações estilizadas da escala, faz a diferença no visual do instrumento. 

Com cordas de aço, o modelo apresenta corpo e tampo de sapele, escala de technical wood e tarraxas blindadas. O modelo ainda vem equipado com captador piezo, cujo pré tem quatro bandas de equalização e afinador embutido.  

O som do violão é bastante satisfatório, com positiva versatilidade. A pegada confortável é outro ponto a favor do produto. No entanto, se tivesse tampo maciço, seria um instrumento completo, mas o preço acessível acaba compensando a falta dessa característica.

Ficha técnica:

  • Tipo: Eletroacústico
  • Cordas: Aço
  • Tampo: Sapele
  • Fundo e lateral: Sapele
  • Escala: Technical Wood
  • Tarraxas: Cromadas
  • Cor: Tobacco

Conclusão: O Violão Crafter é bom ou não?

Veja só, chegamos à parte final do nosso artigo! Se você ainda tem alguma dúvida, não se preocupe, pois preparamos um resumo para você.

Respondendo à pergunta principal: sim, o violão Crafter é bom. Os instrumentos da marca apresentam boa construção, materiais de qualidade, belo design e bom timbre. Além disso, o preço é justo, destacando-se pelo custo-benefício.

Em contrapartida, se você realmente está com orçamento apertado, é válido considerar outras opções mais em conta, como os violões das marcas Giannini e Strinberg, analisadas também neste artigo. Esses instrumentos não têm a mesma qualidade diferenciada dos produtos da Crafter, mas cumprem bem o seu papel.

Então, chega de delongas, pois agora é a hora de você tomar a sua decisão! Escolha o seu modelo favorito e faça a compra agora mesmo. Aí é só curtir e estudar muito o seu novo companheiro musical.

Um abraço, até a próxima!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.