Início » Piano Roland Go é Bom? Vale a Pena?
Piano Roland Go é bom?

Piano Roland Go é Bom? Vale a Pena?

A saber, você economiza mais quando pesquisa sobre os produtos que deseja adquirir. Aliás, nos dias de hoje, é muito mais fácil pesquisar sobre a qualidade de um instrumento musical. Hoje, nós vamos analisar se o Piano Roland Go é bom, principalmente se vale a pena. 

Contudo, já vamos adiantar que a Roland é uma das maiores fabricantes de instrumentos musicais do mundo. Além disso, ela patrocina grandes artistas. Quer saber mais sobre os produtos da marca? Então vamos lá! 

Sobre a Roland Go

Apesar de toda a sua potência, a Roland é uma empresa relativamente jovem. No dia 18 de abril de 2022 ela completou seu aniversário de 50 anos. Foi fundada no Japão, pelo engenheiro Ikutaro Kakehashi. 

Hoje, a Roland é uma empresa de capital aberto e fabrica controladores, módulos de som, arranjadores, workstations, sintetizadores, dentre outros. Além disso, ela desenvolve softwares, placas de áudio, sequenciadores e drum machines. É uma das marcas que revolucionou a música através da tecnologia.  

Ademais, a Roland é responsável por outras marcas, como BOSS, Cakewalk, Edirol, Rodgers e o System Group. Muitos artistas são patrocinados pela empresa japonesa. Por fim, a fabricante realiza eventos e campeonatos musicais ao redor do mundo. 

Como saber se o Piano Roland Go é bom?

Hoje em dia, você pode pesquisar a procedência de qualquer produto com um simples comando pelo seu celular. Assim, você pode descobrir a qualidade de qualquer mercadoria. Com o Roland Go não é diferente. 

No site da Amazon, o Piano Roland Go tem mais de 260 avaliações. É um índice alto para este tipo de produto. O instrumento de teclas tem avaliação de 4,5 estrelas, sendo que 69% das indicações são de 5, enquanto 16% são de 4. 

Por fim, a fabricante mostra um desempenho exemplar no site Reclame Aqui. Em 2021, a Roland obteve a nota 8.7, sendo que todas as reclamações foram respondidas e 83% dos consumidores voltariam a fazer negócio com a empresa. Isso mostra o quando a fabricante se compromete com a satisfação de seus clientes. 

1. Piano Go-61p – Roland Go

Piano Go-61p - Roland Go

Prós

Contras

✅ Portátil

🚫 Apenas 61 teclas

✅ Leve

✅ Teclas sensíveis ao toque 

A fim de oferecer um produto portátil e funcional, a fabricante japonesa desenvolveu o Roland GO com 61 teclas. É um piano digital com teclas sensíveis ao toque e recursos incríveis. Como se não bastasse, ele funciona a pilha. 

Contudo, vale destacar que um piano comum conta com 88 teclas. O Roland Go tem duas oitavas a menos. No entanto, o recurso transpose permite que o músico tenha acesso a todo o espectro sonoro. 

Além disso, são mais de 128 notas de polifonia e vem com timbres de piano elétrico, órgãos, dentre outros. Há suporte para conector MIDI e vem com alto-falantes, entrada para fone, metrônomo e função recorder. Sem dúvida, o Roland GO 61P é um ótimo instrumento musical, seja para iniciantes ou profissionais. 

Ficha técnica:

  • 61 teclas sensíveis ao toque
  • Funciona a pilha
  • Conexão MIDI – Bluetooth e P10
  • Alto-falantes embutidos 
  • Metrônomo
  • Recorder 
  • ‎87.7 x 27.1 x 8.2 cm; 3.9 Kg

2. Piano GO-61K – Roland Go

Piano GO-61K - Roland Go

Prós

Contras

✅ Loop Mix

🚫 Apenas 61 teclas

✅ Mais de 500 timbres

✅ Teclas sensíveis ao toque 

Agora, o Roland GO 61K traz mais recursos que o modelo anterior. Um ponto em comum são as 61 teclas sensíveis ao toque. Além disso, também tem conexão Bluetooth, MIDI e entradas para fone de ouvido

O grande diferencial deste modelo são os recursos internos. O Roland GO 61K é voltado a experimentação musical. A ferramenta Loop Mix permite que o tecladista construa e grave suas próprias batidas

Outro destaque é a quantidade de timbres disponíveis. São mais de 500 sons de qualidade profissional distribuídos entre piano, cordas, baixo, sintetizadores, etc. O Roland GO 61K é uma ótima opção para quem quer explorar os novos recursos de composição musical. 

Ficha técnica:

  • 61 teclas sensíveis ao toque
  • Loop Mix
  • Conexão MIDI – Bluetooth e P10
  • Alto-falantes embutidos 
  • Mais de 500 timbres
  • Recorder 
  • ‎87.78 x 27.15 x 8.26 cm; 3.91 KG

Alternativas para Piano Roland Go

Não há dúvidas de que os instrumentos da Roland podem suprir as necessidades do músico principiante. Além disso, é capaz de expandir as habilidades do tecladista profissional. Contudo, outros teclados são tão bons quanto. 

Assim, vamos analisar o CT-S300C2, da Casio, e o YDP164R, da Yamaha. O primeiro é parecido com os modelos da Roland. No entanto, o segundo é o mais refinado da nossa lista. 

1. Piano CT-S300C2-BR – Casio

Piano CT-S300C2-BR - Casio

Prós

Contras

✅ Chordana Play

🚫 Apenas 61 teclas

✅ Mais de 400 timbres

✅ Teclas sensíveis ao toque 

Antes de continuar, vamos ressaltar que a Casio é uma fabricante respeitada no mundo todo. O CT-S300C2 é um piano digital intermediário da marca. Tem 61 teclas, todas sensíveis ao toque, como nos modelos anteriores. 

É um instrumento leve, portátil e com recursos incríveis. São mais de 400 timbres e 77 ritmos disponíveis ao tecladista. Além disso, pode ser conectado ao software Chordana Play, um aplicativo que orienta os estudos do músico iniciante. 

Como se não bastasse, todos os comandos podem ser controlados por um display de LED de fácil navegação. Vem com alto-falantes e pode ser alimentado por pilhas. Assim, o Piano CT-S300C2 da Casio é uma ótima alternativa para Roland GO.  

Ficha técnica:

  • 61 teclas sensíveis ao toque
  • Chordana Play
  • Conexão MIDI – Bluetooth e P10
  • Alto-falantes embutidos 
  • Mais de 400 timbres
  • 50 ritmos 
  • ‎93 x 25.6 x 7.3 cm; 93 g

2. Piano Digital YDP164R – Yamaha

Piano Digital YDP164R - Yamaha

Prós

Contras

✅ 88 teclas sensíveis ao toque 

🚫 Pesado

✅ Smart Pianist 

✅ Indicado a músicos profissionais 

🚫 Mais caro da lista 

Por fim, o instrumento mais sofisticado da nossa lista. O YDP164R da Yamaha tem 88 teclas sensíveis ao toque e pedal triplo. É uma réplica de um piano de parede, mas o tipo digital nunca desafina. 

As teclas possuem a tecnologia GH3 da Yamaha, na qual simula o peso e o toque de um piano acústico. A polifonia é de 192 notas e conta com 10 timbres. Ademais, são mais de 50 ritmos para acompanhamento. 

Tem conexão USB, p10 e MIDI. Pode ser conectado ao aplicativo Smart Pianist e tem caixas de som embutidas. Apesar de ser o instrumento mais caro da lista, o Yamaha YDP164R é um piano digital profissional. 

Ficha técnica:

  • 88 teclas sensíveis ao toque
  • Smart Pianist
  • Conexão MIDI – USB e P10
  • Alto-falantes embutidos 
  • 192 notas de polifonia 
  • 50 ritmos 
  • ‎143 x 56 x 43 cm; 66 Kg

Conclusão: O Piano Roland Go é bom ou não?

Todos os instrumentos apresentados são bons e valem a pena. Alguns são mais sofisticados, outros têm mais recursos, mas qualquer um deles pode atender a demanda de um profissional. No entanto, não há dúvidas que o Yamaha YDP164R é o que mais se aproxima de um piano acústico. 

Por fim, o instrumento da Casio é a alternativa mais barata do ranking. No entanto, tem menos recursos disponíveis. Sendo assim, o Piano Roland Go é bom, vale a pena, pode atender os músicos iniciantes e surpreender os profissionais. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.