Início » Violão Memphis AC 39 é Bom? Vale a Pena?
Violão Memphis AC 39 é bom?

Violão Memphis AC 39 é Bom? Vale a Pena?

A princípio, você está a um passo de escolher um bom instrumento musical. A internet é uma ótima, ou a melhor, ferramenta de pesquisa. Sendo assim, hoje nós vamos responder a seguinte pergunta: o violão Memphis AC 39 é bom? Vale a pena? 

Além disso, vamos analisar outros violões equivalentes ao Memphis. Mas já podemos adiantar que o AC 39 é um dos instrumentos mais vendidos na internet. Quer saber mais? Então vamos lá!

Sobre o violão Memphis AC 39

violão Memphis AC 39

Prós

Contras

✅ Indicado para músicos iniciantes

🚫 Pouca projeção sonora 

✅ Clássico

✅ Encordoamento de Nylon

A princípio, o Violão Memphis AC 39 é um instrumento de entrada da fabricante Tagima. Além disso, é indicado aos músicos iniciantes ou aos intermediários que precisam de um segundo artefato musical. Ademais, é do tipo clássico acústico

Nesse sentido, o violão clássico é o mais indicado para estudar música erudita, MPB, reggae, dentre outros estilos musicais. O encordoamento de nylon facilita a jornada do músico iniciante em razão da suavidade e tocabilidade. Como se não bastasse, produz timbres aveludados e delicados. 

Por fim, todo o instrumento é construído em madeira Linden. É o tipo mais utilizado na fabricação de violões de entrada. Sobre o acabamento, o toque do verniz brilhante ressalta a cor natural da madeira. Sem dúvida, o Violão Memphis AC 39 é ótimo para iniciantes e tem um ótimo preço.   

Ficha técnica:

  • Tipo Clássico
  • Tarraxas Douradas
  • Madeira Linden
  • Acabamento Verniz Brilhante 
  • Encordoamento: Nylon
  • Trastes: 20
  • ‎‎30 x 100 x 30 cm; 3 Kg

Como saber se o violão memphis AC 39 é bom?

A princípio, descobrir a procedência de um instrumento musical nem sempre foi uma tarefa fácil. Antigamente o consumidor dependia da opinião de um músico mais experiente, ou precisava testar o instrumento. Hoje, com a Internet, não é mais assim.

Tendo em vista os motores de busca, como Youtube e Google, a tarefa ficou mais fácil. Como se não bastasse, há muito material sobre o Violão Memphis AC 39, fabricado pela Tagima. Sendo assim, a empresa é uma das mais respeitadas no cenário nacional. 

A fabricante Tagima tem ótimas avaliações nos reviews publicados no Youtube. Além disso, a empresa tem nota 9,5 no portal Reclame Aqui. Para confirmar a qualidade da marca, 87,5% dos clientes afirmaram que comprariam outros produtos da produtora de instrumentos musicais. 

Tipo de corda

Em síntese, os violões podem vir com dois tipos de cordas: aço e nylon. As de aço são mais pesadas, estridentes, brilhantes, tem maior tempo de sustentação e difíceis para o músico iniciante. Em contrapartida, as de aço são mais leves, aveludadas, suaves, têm menor tempo de sustentação e fáceis para o violonista principiante. 

Materiais

Os violões podem ser construídos com vários tipos de madeira, mas os mais simples são construídos com apenas uma. A mais barata é a Linden, portanto, é a mais encontrada nos instrumentos de entrada. Alguns modelos utilizam um tipo de material para cada parte do produto. 

Sonoridade

Nesse quesito, a sonoridade depende de três fatores: madeira, corda e captação. Os violões acústicos não vem com captação, sendo assim, a projeção sonora depende da caixa de ressonância. No entanto, os instrumentos eletroacústicos contam com captadores que podem ser conectados a uma caixa amplificadora para projetar o som. 

Alternativas para violão Memphis AC 39

Antes de continuar, podemos afirmar que o Violão Memphis AC 39 pode atender todas as suas necessidades, principalmente se você for um violonista principiante. No entanto, há outros fabricantes que oferecem instrumentos equivalentes. Hoje vamos te apresentar a Winner, Harmonics e Giannini. 

Nesse sentido, destacamos que a Giannini é uma das maiores marcas brasileiras. Em contrapartida, a Winner e Harmonics são fabricantes menores, mas entregam ótimos instrumentos musicais. Sendo assim, vamos analisar os modelos AW20, GS-11NT e S-14. 

1. Violão AW20 Nylon – Winner

Violão AW20 Nylon - Winner

Prós

Contras

✅ Indicado para músicos iniciantes

🚫 Frágil

✅ Ótimo custo benefício 

✅ Encordoamento de nylon

Agora, vamos analisar que a primeira alternativa ao AC 39 é o violão AW20 da Winner. Também é do tipo Clássico e tem o preço parecido com o Memphis. É um modelo de estudo, voltado ao músico iniciante

Além disso, o violão AW 20, da Winner, é construído com a madeira Linden. É a madeira mais utilizada para instrumentos de entrada, conforme explicado no modelo acima. Conta com 19 trastes na formação do braço. 

Por fim, vem com tarraxas niqueladas que deixam a desejar na hora da afinação. Utiliza as cordas de nylon e produz um timbre mais afetuoso. Ainda assim, o Violão AW 20 é capaz de satisfazer as necessidades de qualquer músico iniciante.  

Ficha técnica:

  • Tipo Clássico
  • Tarraxas Niqueladas
  • Escala Nato
  • Acústico
  • Encordoamento: Nylon
  • Trastes: 19
  • ‎104 x 36 x 57 cm; 2.22 Quilogramas

2. Violão Acústico Aço GS-11NT – Harmonics

Violão Acústico Aço GS-11NT - Harmonics

Prós

Contras

✅ Indicado para músicos iniciantes

🚫 

✅ Ótimo custo benefício para violão Folk

✅ Encordoamento de Aço

Agora, vamos analisar o Violão Acústico Aço GS-11NT, da Harmonics. É um instrumento do tipo Folk, diferente dos outros modelos, que são do Clássico. Apesar da diferença, o GS-11NT pode ser uma ótima ferramenta musical de entrada. 

A principal diferença é o encordoamento. Este tipo utiliza cordas de aço, tem o timbre estridente, brilhante e com maior tempo de sustentação das notas. É o mais indicado para Blues, Rock, dentre outros estilos. 

Apesar de ser um pouco mais caro que os demais, ainda assim é um ótimo custo benefício. É um dos violões do tipo Folk mais barato da categoria. Sendo assim, o violão G-11 NT, da Harmonics, é uma ótima alternativa ao AC 39, ainda mais se você preferir a sua sonoridade.  

Ficha técnica:

  • Tipo Folk
  • Tarraxas Blindadas
  • Escala Linden
  • Acústico
  • Encordoamento: Aço
  • Trastes: 20
  • ‎101 x 45 x 12 cm; 2.68 Kg

3. Violão Acústico Aço Estudo S-14 Natural – Giannini

 Violão Acústico Aço Estudo S-14 Natural - Giannini

Prós

Contras

✅ Indicado para músicos iniciantes

🚫 Tarraxas instáveis

✅ Ótimo custo benefício 

✅ Encordoamento de Aço

🚫 Sem marcações das casas no braço

Por fim, vamos examinar outro instrumento com encordoamento de aço. O Violão Acústico S-14, da Giannini, faz parte da série Start, voltada aos músicos iniciantes. Este modelo é o mais indicado para quem quer começar a tocar nas cordas brilhantes. 

Apesar de usar cordas de aço, o S-14 é do tipo Clássico, mesmo que o Memphis AC 39. Tem o preço equivalente e usa o mesmo tipo de madeira na sua construção, a Linden. O acabamento em verniz realça a cor natural da madeira, destacando a beleza do instrumento. 

São 19 trastes e não há marcação das casas no braço, o que prejudica o músico iniciante. As tarraxas são abertas e deixam um pouco a desejar na estabilidade da afinação. No entanto, o violão S-14, da Giannini, é um ótimo instrumento musical de entrada e pode ser uma alternativa ao Memphis AC 39.  

Ficha técnica:

  • Tipo Clássico
  • Tarraxas Niqueladas
  • Madeira Linden
  • Acústico
  • Encordoamento: Aço
  • Trastes: 19
  • 15 x 48 x 106 cm; 2.5 Kg

Perguntas frequentes

Qual é a melhor marca de violão para iniciantes?

A marca mais preocupada em oferecer uma série de entrada aos iniciantes é a Giannini. A linha Start traz ótimos instrumentos. No entanto, as fabricantes Tagima, Di Giorgio e Winner também oferecem ótimos violões para principiantes. 

O que é violão Memphis?

A Memphis é uma linha de instrumentos de cordas fabricado pela Tagima. Sendo assim, abrange violões, contra baixos, ukuleles e guitarras. É a série mais conhecida da marca. 

Qual o violão bom e barato?

Dentre os modelos apresentados, o melhor custo benefício é o Memphis AC 39, da Tagima. É bom, barato e bonito. Assim como o S-14, da Giannini, e o AW20, da Winner, são ótimos instrumentos de entrada. 

Qual o melhor violão para iniciantes nylon ou aço?

O violão mais fácil de tocar é o de nylon, pois as cordas são mais leves. Assim, o instrumentistas não precisa empreender muita força para tocar. As cordas de aço são mais pesadas e podem machucar os dedos do violonista iniciante. 

Como escolher um violão para começar a tocar?

Considere dois fatores: estilo musical e preço. Primeiro, escolha um violão adequado ao tipo de música que você quer aprender a tocar. Segundo, compare o instrumento com o seu orçamento. No entanto, para aprender, os músicos iniciantes não precisam comprar violões caros. 

Conclusão: O violão memphis AC 39 é bom ou não?

Com base na análise, concluímos que o violão Memphis AC 39 é um ótimo instrumento de entrada. Nesse sentido, é recomendado ao músico iniciante, principalmente se ele tiver o interesse de aprender música erudita e MPB. 

Além disso, os violões AW20, S-14 e GS-11NT são ótimas alternativas ao da fabricante Tagima. Dois deles tem cordas de aço, mas são indicados para quem quiser começar a tocar Rock ou Blues. Por fim, além de ser bonito e barato, o violão Memphis AC 39 é bom, é indicado aos iniciantes e, por isso, vale a pena! 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.