Início » Teclado Casio CT S200 é Bom? Vale a pena?
Teclado Casio CT S200 é Bom? Vale a pena?

Teclado Casio CT S200 é Bom? Vale a pena?

Olá, amante das teclas! Aos que buscam um instrumento de bom custo-benefício, versátil e de uma marca renomada, o artigo de hoje é um prato cheio. Isso porque vamos responder à seguinte pergunta: o teclado Casio CT S200 é bom? Vale a pena?

Nesse sentido, destrinchamos todas as informações técnicas do produto, explicando de forma simples e objetiva tudo o que você precisa saber sobre o teclado Casio CT S200. Além disso, analisamos dois outros modelos para que você possa ter uma ampla base de comparação.

Então, uma vez que fizemos essa breve introdução, é hora de irmos ao conteúdo propriamente dito! 

Sobre o Teclado Casio CT S200

Teclado Casio CT S200

Prós

Contras

✅ 61 teclas

🚫 Grande para crianças

✅ Boa construção

✅ Marca tradicional

Primeiramente, vamos conhecer as especificações técnicas do modelo? Bom, o produto possui 61 teclas, 400 timbres, 60 canções integradas, polifonia de 48 sons e 77 ritmos embutidos para autoacompanhamento. 

Além disso, a unidade apresenta um par de alto-falantes de 2 watts de potência, display, conexão USB, entrada para áudio e para pedal de sustentação, com modos Dance Music e Chordana Play. Há três belas cores disponíveis para o modelo: preta, vermelha e branca. 

O equipamento pesa um pouco mais de 3 kg, sendo leve e portátil devido à alça presente na estrutura. No entanto, observe que ele tem 93 cm de largura, podendo ser grande demais para crianças, por exemplo. Ah, ele vem com suporte de partitura

Resumindo, ao analisarmos todas essas características, concluímos que o teclado Casio CT S200 é bom para iniciantes e até músicos intermediários. Tem boa construção, belo acabamento e preço justo, com o selo de qualidade de uma das marcas mais tradicionais do segmento. 

Ficha técnica:

  • Teclas: 61
  • Polifonia: 48
  • Timbres: 400
  • Canções: 60
  • Ritmos: 77
  • Peso: 3,3 kg
  • Medidas: 93 (L) x 25,6 (P) x 7,3 (A) cm

Como saber se o teclado Casio CT S200 é bom?

Antes de tudo, ao comprar qualquer instrumento musical, é recomendado pesquisar a opinião de outros usuários. Nesse sentido, há algumas boas fontes de pesquisa, como a Amazon e o Reclame Aqui.

Nesses sites, você pode conferir a opinião de quem já tem o produto em questão, além de verificar se a empresa presta um bom atendimento pós-venda, combinado?

Ao mesmo tempo, é preciso saber analisar as características técnicas do equipamento. Falando especificamente de teclado musical, que é o tema do nosso artigo de hoje, há alguns aspectos essenciais que devem ser observados antes da compra.

A seguir, explicamos cada característica técnica de forma simples e objetiva para você. Confira!

Teclas

Em geral, os teclados musicais têm um número de teclas que vai de 25 a 88. O raciocínio é simples: quanto mais teclas, mais notas haverá à disposição do músico e, consequentemente, maior será o tamanho do teclado. 

No entanto, tenha em mente que 61 teclas, que correspondem a 5 oitavas, são o suficiente para tocar as músicas mais populares, sem prejuízo de performance. Esse é o número mínimo recomendado por muitos músicos profissionais. 

Por fim, é importante mencionar que teclados com diferentes níveis de sensibilidade nas teclas são melhores, pois possibilitam que o músico ajuste o “peso” delas conforme seu gosto pessoal. Resultado disso, a execução se torna mais confortável.  

Alto-falantes

Os alto-falantes embutidos têm o objetivo de fornecer praticidade aos usuários, emitindo o som para o estudo do instrumento, por exemplo. Caso um teclado não tenha alto-falantes, será necessário utilizar fones de ouvido ou caixas de som externas. 

O tamanho do falante é normalmente medido em centímetros ou polegadas. Quanto maior, mais graves ele entregará. Por sua vez, a potência sonora (watts) corresponde ao volume final atingido. Quanto maior esse número, mais alto poderá ser o som do alto-falante. 

Conexões

É preciso ter muita atenção nesse quesito, analisando as especificações a fim de conhecer as entradas e saídas presentes no teclado. 

Algumas das conexões mais importantes são as de fones de ouvido, pedal de sustentação, USB e auxiliar. Além disso, alguns teclados apresentam função bluetooth.

Polifonia

Essa característica representa a capacidade de um teclado musical reproduzir sons simultâneos. Assim, um alto número de polifonia garante que o timbre do equipamento terá mais qualidade e complexidade.  

Vozes

As vozes ou os timbres são os diferentes tipos de som que o teclado oferece. Em outras palavras, esse aspecto torna o instrumento mais versátil, fazendo com que o músico possa explorar a criatividade. 

No entanto, se o usuário for iniciante, considere que um alto número de opções sonoras pode mais confundir do que ajudar, ok?

Funções

Vários teclados possuem funções extras que podem ser muito úteis no estudo do instrumento, como o modo de lições e a função Chordana, que costumam apresentar partituras das músicas integradas ou de arquivos MIDI, facilitando o aprendizado.

Há outras funções que tornam o teclado mais divertido, como o modo Dance Music, que permite criar músicas dançantes, com batidas eletrônicas, baixo e sintetizadores. 

Alternativas para o teclado Casio CT S200

E aí, curtiu as informações aqui disponibilizadas? Em posse de todos esses dados, você já deve ter percebido que o teclado Casio CT S200 é bom para iniciantes e intermediários, destacando-se pelo bom custo-benefício.

Porém, trazemos agora a análise técnica de dois outros modelos. Assim, você poderá fazer uma comparação mais ampla para ter a certeza de que está tomando a decisão correta. 

1. Teclado Musical CT S100 – Casio

Teclado Musical CT S100 - Casio

Prós

Contras

✅ 61 teclas

🚫 Ausência de recursos relevantes

✅ Marca tradicional

Se você busca um teclado Casio para tocar em casa e não tem muito dinheiro disponível, essa é uma opção um pouco mais barata do que o CT S200.

Ele segue a mesma linha do irmão maior, mas com funções mais simples. Possui 61 teclas, 122 timbres, 61 ritmos, 60 canções integradas, com polifonia de 32 sons. 

Não oferece os modos Dance Music e Chordana, nem conectores para entrada de áudio e para pedal de sustentação. Os dois alto-falantes têm potência de 2 watts. O produto tem 93 cm de largura e pesa 3,3 kg, com alça de transporte embutida no corpo do instrumento. 

Esse teclado Casio vale a pena para iniciantes, porém músicos de nível intermediário sentirão falta de recursos mais avançados e completos. 

Ficha técnica:

  • Teclas: 61
  • Polifonia: 32
  • Timbres: 122
  • Canções: 60
  • Ritmos: 61
  • Peso: 3,3 kg
  • Medidas: 93 (L) x 25,6 (P) x 7,3 (A) cm

2. Teclado Eletrônico – Queenser

Teclado Eletrônico - Queenser

Prós

Contras

✅ Preço baixo

🚫 Baixa qualidade de construção

✅ Indicado para crianças

Aos que consideram o preço dos produtos Casio pouco acessíveis e buscam uma opção bastante simples e barata, esse teclado da Queenser pode ser uma interessante opção. 

O modelo é leve (500 g) e confortável de usar, sendo indicado principalmente para crianças que estão aprendendo o instrumento. Nesse sentido, é feito de plástico e tem 61 teclas, 16 timbres, 10 ritmos, 4 percussões e 6 músicas de demonstração. Possui ainda entrada para dispositivos externos, incluindo microfones. 

O preço é bastante baixo, mostrando que de fato esse teclado tem construção simples, sem alta durabilidade ou riqueza sonora.

Ficha técnica:

  • Teclas: 61
  • Timbres: 16
  • Canções: 6
  • Ritmos: 10
  • Peso: 500 g

Perguntas frequentes

Qual a melhor marca de teclado? 

Algumas das melhores e mais conceituadas marcas de teclado do mundo são Casio, Yamaha, Korg e Roland. Dessa forma, todas elas produzem instrumentos de diferentes tipos e faixas de preços – por isso, sempre analise as especificações técnicas dos equipamentos que está pesquisando. 

Qual o melhor teclado para aprender tocar em casa? 

Os arranjadores são os melhores teclados para iniciantes e para quem estuda em casa. Por outro lado, os sintetizadores são indicados para o músico experiente que deseja explorar timbres diferenciados, enquanto os controladores foram criados pensando na atividade de produção musical. Por fim, há ainda os teclados que buscam recriar a experiência dos pianos e aqueles chamados de workstation, supercompletos e avançados em funções. 

Como saber se o teclado é bom?

Para ser considerado bom, um teclado musical deve contar com os recursos necessários para que o músico execute a sua arte com conforto e liberdade. Por isso, reflita sobre o que você espera de um teclado e observe as especificações dos produtos que estiver pesquisando para conhecer as características técnicas, conforme explicamos neste artigo.  

Qual o teclado com o melhor custo-benefício? 

Várias marcas oferecem teclados musicais bons e com preço justo, como é o caso da Casio, Yamaha, Korg e Roland. Conforme demonstramos aqui neste artigo, o teclado Casio CT S200 apresenta bom custo-benefício, incluindo recursos interessantes tanto para iniciantes quanto intermediários. 

Como aprender a tocar teclado em casa? 

Atualmente, há diversos cursos online de teclado que contam com preços acessíveis e metodologia completa. Isso garante que o estudante evolua de forma gradual, sem lacunas de conhecimento. Há também vídeos gratuitos que são uma boa fonte de conhecimento para quem não pode investir em um curso, mas precisam ser garimpados com atenção e, geralmente, não são tão bem organizados. 

Conclusão: O teclado Casio CT S200 é bom ou não?

Sem enrolação: sim, o teclado Casio CT S200 é bom tanto para iniciantes quanto intermediários, com características técnicas que evidenciam a sua boa construção. Além disso, tem um preço de mercado justo e é produzido por uma marca renomada, que possui ampla experiência no segmento.

Portanto, o que você está esperando? Faça a sua compra agora mesmo! Aí é só estudar e se divertir muito com o seu novo teclado.

Um abraço, até a próxima!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.