Início » Os 5 Melhores Transmissores para Guitarra em 2022

Os 5 Melhores Transmissores para Guitarra em 2022

Fala, guitarrista! Se você está cansado de tropeçar em cabos e de ter a sua performance limitada, o artigo de hoje vai te ajudar bastante. Aqui, vamos apresentar alguns dos melhores transmissores para guitarra da atualidade.

Nesse sentido, a nossa equipe selecionou e analisou cinco modelos de diferentes marcas e faixas de preço, pontuando os prós e contras de cada um. Além disso, explicamos brevemente as principais características que devem ser analisadas antes de comprar um sistema sem fio para o seu instrumento.

Curtiu a ideia? Então, continue com a gente!

Melhores transmissores para guitarra do mercado

Antes de mais nada, veja abaixo a nossa tabela comparativa com alguns dos melhores transmissores para guitarra do mercado. De um lado, você confere a marca e o modelo dos produtos; de outro, destacamos a principal característica de cada unidade – assim, você tem uma ideia do que está por vir. 

1. Transmissor sem fio GTL-100 – Arcano

Transmissor sem fio GTL-100 - Arcano

✅ Interessante custo-benefício

✅ Boa qualidade de sinal

✅ Pode atuar como monitor in-ear

🚫 Estrutura parece frágil





Começamos a nossa lista com um transmissor wireless da Arcano, marca conhecida por produzir equipamentos de bom custo-benefício para guitarra e outros instrumentos.

Primeiramente, é importante saber que o GTL-100 também pode ser usado com microfone de lapela, além de trabalhar como monitor in-ear sem fio, uma vez que o receptor conta com saída tipo P2 para fone. Assim, trata-se de um aparelho com boa versatilidade.

Com alcance de 25 a 50 metros, o equipamento tem impedância de saída de 600 ohms e resposta de frequência que vai de 50 a 12.000 Hz. O receptor e o transmissor funcionam a partir de uma bateria interna, que deve ser carregada via USB (cabo incluso). A autonomia de funcionamento é de 2h30min

Com interface intuitiva, o transmissor funciona com qualquer instrumento de cordas elétrico, porém casa melhor com os passivos, já que o alto ganho de instrumentos ativos pode gerar ruídos e afetar o sinal de forma negativa. 

De acordo com relatos de clientes disponíveis na internet, o produto apresenta boa estabilidade e qualidade sonora, sem atraso perceptível. No entanto, a estrutura passa a impressão de fragilidade. 

2. Transmissor sem fio WL-20L – Boss

Transmissor sem fio WL-20L - Boss

✅ Marca renomada

✅ Eficaz com instrumentos ativos e passivos

✅ Ampla autonomia de bateria

🚫 Preço elevado






Fabricado pela renomada marca Boss, esse é o melhor transmissor sem fio para guitarra, baixo e outros instrumentos de nossa lista.

Logo de cara, o aparelho se mostra fácil de utilizar. Ou seja, não exige configurações complicadas – basta conectar o transmissor e o receptor juntos por dez segundos para ocorrer a definição da conexão ideal.

O áudio tem grande estabilidade sólida e qualidade tonal, com baixa latência (2.3 ms). Já o alcance é de 15 metros, enquanto a bateria é recarregável e tem autonomia de até 12 horas de funcionamento. Nesse contexto, o carregamento é simples, via cabo USB, que acompanha o produto de fábrica.

Falando especificamente do modelo WL-20L, ele funciona bem tanto com instrumentos passivos quanto ativos, porém não apresenta a atenuação de agudos do modelo WL-20. A resposta de frequência é completa (20 a 20.000 Hz), mas o preço de mercado é alto. 

3. Transmissor sem fio – Tomshin

Transmissor sem fio - Tomshin

✅ Visual moderno

✅ Display LED

✅ Bom alcance

🚫 Resposta de frequência não é informada



Mais uma opção boa e barata de transmissor wireless para guitarra, desta vez da marca Tomshin. 

Com um visual moderno, esse transmissor e receptor sem fio pode ser usado com vários instrumentos elétricos, incluindo guitarra, violão, baixo, violino e por aí vai.

Dessa forma, o produto tem boa resposta, com rápida velocidade de transmissão, além do interessante recurso anti-interferência. Por sua vez, o plugue gira até 270°, o que torna o produto mais prático e conveniente. 

O display LED é outra característica positiva, pois indica a banda de frequência atual, o nível da bateria e o volume utilizado. O alcance chega a 50 metros, sendo que a autonomia da bateria é de 6 horas. Ela pode ser carregada por meio do cabo USB incluso. 

Embora não tenhamos encontrado informações confiáveis a respeito da resposta de frequência do produto, os clientes relatam que ele oferece bom timbre e positiva estabilidade.

4. Transmissor sem fio B-2 – Nux

Transmissor sem fio B-2 - Nux

✅ Sinal estável

✅ Modo de suspensão automático

✅ Ajuste giratório

🚫 Preço alto




A Nux é uma marca relativamente nova que tem se destacado bastante quando o assunto são equipamentos para guitarra.

O transmissor B-2 utiliza sistema digital sem fio, podendo ser usado em casa, ao vivo ou em estúdio. De acordo com informações do fabricante, o aparelho passou por rigorosos testes para oferecer grande estabilidade de sinal e alta qualidade de transmissão de áudio. Além disso, promete não sofrer com interferências de rádio e TV.

O produto utiliza bateria integrada que pode durar de 6 a 20 horas dependendo da aplicação. Quando o músico não está tocando, o transmissor entra no modo de suspensão. Para recarregar, basta usar o cabo USB, que está incluso na embalagem. 

Além disso, o plugue tem ajuste giratório, com emparelhamento rápido. Apresenta ainda alcance de 15 metros, latência inferior a 5 ms e resposta de frequência de 20 a 20.000 Hz. No entanto, o design do produto é básico, e o preço é alto. 

5. Transmissor sem fio L6 – Lity

Transmissor sem fio L6 - Lity

✅ Baixo preço

✅ Qualidade tonal satisfatória

🚫 Construção simples



Se você não tem muito dinheiro disponível para comprar um transmissor sem fio para guitarra, aqui está uma opção que merece ser analisada.

Fabricado pela Lity, esse sistema wireless pode trabalhar com instrumentos elétricos de forma geral. Ele utiliza transmissão de sinal de som UHF sem compressão, com baixa latência e qualidade tonal satisfatória.

O alcance máximo é de 50 metros, enquanto a bateria é recarregável via cabo USB incluso e tem autonomia de 4 horas. O aparelho conta com fácil operação, além de ser leve e portátil. A resposta de frequência é a seguinte: 20 a 20.000 Hz.

O preço é o mais baixo de nossa lista, mas a construção aparenta ser básica, sem grande durabilidade. 

O que é o transmissor para guitarra?

Geralmente, guitarristas e outros músicos usam cabos para ligar instrumentos elétricos aos amplificadores e pedais. Essa é a forma mais tradicional de conexão, mas que pode gerar alguns problemas, como limitação de movimentos e tropeços no palco, entre outros.

Pensando em resolver essas questões, muitas marcas projetaram transmissores sem fio para instrumentos musicais. Dessa forma, o músico tem mais liberdade e mobilidade, seja em estúdio ou ao vivo.

Antigamente, os transmissores tinham preços elevados, mas hoje muitos fabricantes produzem aparelhos com bom custo-benefício. No entanto, antes de comprar um transmissor sem fio, é importante analisar as características técnicas dos produtos. Em seguida, explicamos algumas delas de forma concisa e objetiva para você. Acompanhe!

Como escolher o melhor transmissor para guitarra

Marca

Antes de tudo, é preciso saber que várias marcas fabricam transmissores sem fio para guitarra. Algumas delas são muito renomadas, por exemplo: Line 6, Shure, Boss, Nux, Sennheiser, Samson e AKG, entre outras. Nesse contexto, os produtos dessas empresas costumam ter preço elevado, alta durabilidade e grande qualidade sonora. 

Ao mesmo tempo, há empresas menores que fabricam transmissores mais acessíveis, muitas vezes produzidos na China. Alguns exemplos são Arcano, Tomshin e

Lity. Logicamente, esses produtos não têm a mesma qualidade das grandes marcas, com construção mais simples, porém não deixam de ser eficazes. 

Alcance

Medido em metros, o alcance indica a distância máxima possibilitada entre o receptor e o transmissor. Então, quanto maior o alcance, melhor.

Tenha em mente que, acima da distância prevista pelo fabricante, podem ocorrer ruídos, queda de qualidade e cortes no sinal. Por isso, reflita sobre a distância ideal para a sua realidade, combinado?

Bateria

Normalmente, os transmissores wireless para guitarra dispõem de uma bateria interna que pode ser carregada via cabo USB. Porém, a autonomia de bateria varia de modelo para modelo.

Quanto maior a autonomia, menos vezes você precisará carregar o transmissor, tornando a utilização mais prática e menos suscetível a paralisações. 

Resposta de frequência

Esse fator indica a gama de frequências coberta pelo transmissor. Na prática, o ouvido humano consegue distinguir sons entre 20 e 20.000 Hz, então essa seria a resposta mais ampla que um transmissor pode oferecer teoricamente.

Caso um modelo específico esteja muito distante dessas frequências mínima e máxima, o timbre pode ser prejudicado, tornando-se magro ou abafado. 

Latência

É normal haver um pequeno atraso entre a execução do músico e a transmissão do sinal. Porém, ele não deve ser perceptível a ponto de atrapalhar a performance do instrumentista.

Normalmente medida em milissegundos, a latência é justamente um indicador desse atraso. Portanto, quanto menor o número, melhor. 

Perguntas frequentes

Para que serve o transmissor para guitarra? 

Um transmissor sem fio de guitarra tem a função de ampliar a liberdade e a mobilidade do músico, seja em estúdio ou no palco. Assim, ele dispensa a utilização de cabos, evitando tropeços, quedas e limitação de movimentos.

Qual a diferença do transmissor para guitarra e violão? 

Via de regra, não há diferença entre transmissor de guitarra e violão. Eles funcionam com o mesmo princípio, portanto a maioria dos equipamentos do mercado são compatíveis com ambos os instrumentos. No entanto, é preciso ficar atento, pois alguns dispositivos não respondem muito bem a instrumentos ativos, que é o caso de violões, além de alguns modelos de baixos e guitarras.  

Qual o melhor transmissor do mercado? 

Em âmbito mundial, algumas das melhores marcas de transmissor sem fio para guitarra são Line 6, Shure, Boss, Nux, Sennheiser, Samson e AKG, entre outras. Nesse contexto, os produtos dessas empresas costumam ter preço elevado, alta durabilidade e grande qualidade sonora. 

Como saber se o transmissor é bom? 

Um bom transmissor deve preservar o timbre do instrumento, com estabilidade de conexão e sem interferências nem ruídos. Ao mesmo tempo, alcance e autonomia de bateria são outras questões importantes. Então, para saber se um transmissor wireless é bom, analise as características técnicas do produto e pesquise a opinião de outros usuários antes da compra. 

Em quais guitarras pode usar o transmissor? 

A princípio, um transmissor sem fio pode ser usado em qualquer modelo de guitarra elétrica. Porém, tenha atenção para o design do plugue, pois, dependendo do formato do jack da guitarra, o encaixe pode não ser perfeito. Além disso, tenha em mente que alguns aparelhos não trabalham muito bem com instrumentos ativos. 

Conclusão: qual o melhor transmissor para guitarra

E aí, já sabe qual o melhor transmissor para guitarra de acordo com a sua realidade? Caso ainda restem dúvidas em sua mente, fique tranquilo. Agora, trazemos um resumo das informações de hoje. Vamos lá!

Bom, antes de comprar um sistema sem fio, é importante definir um orçamento. A partir daí, pesquise os modelos disponíveis e analise as características técnicas de cada um. Atente para questões como marca, alcance, autonomia de bateria, resposta de frequência e latência.

Caso você não tenha muito dinheiro disponível, recomendamos os seguintes modelos: Arcano GTL-100, Tomshin e Lity L6. Os três apresentam custo-benefício e boa qualidade sonora, com relatos positivos de consumidores.

Por outro lado, se você prefere investir para comprar um produto mais durável e fabricado por uma marca renomada, temos duas opções interessantes: Boss WL-20L e Nux B-2. Ambos estão entre os melhores transmissores sem fio para guitarra e outros instrumentos elétricos, porém exigem alto investimento, ok?

Então, agora é com você! Bata o martelo em seu produto favorito e efetue a compra agora mesmo. Aí é só curtir toda a liberdade e a praticidade que só um transmissor sem fio pode proporcionar para você. 

Um abraço, até o próximo artigo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.