Início » Teclado Yamaha PSR-E463 é Bom? Vale a Pena?
Teclado Yamaha PSR-E463 é Bom?

Teclado Yamaha PSR-E463 é Bom? Vale a Pena?

Olá, amante das teclas! O artigo de hoje tem como objetivo ajudar quem está em busca de um teclado musical. Nesse sentido, responderemos à seguinte pergunta: o teclado Yamaha PSR-E463 é bom? Realmente vale a pena?

Assim, analisamos as características técnicas desse conhecido teclado arranjador, pontuando os prós e contras do modelo. Além disso, selecionamos duas alternativas de outras marcas para que você possa fazer uma comparação ampla e isenta.

Então, vamos lá!

Sobre o Teclado Yamaha PSR-E463

Teclado Yamaha PSR-E463

✅ Completo em funções

✅ Ótima sonoridade

✅ Versátil

🚫 Peso elevado



Fundada no ano de 1887, a Yamaha é uma das maiores fabricantes de instrumentos musicais do planeta. Os instrumentos da marca chegaram ao Brasil em 1973, sendo extremamente populares até os dias atuais. 

Falando especificamente do teclado Yamaha PSR-E463, ele é voltado para o músico intermediário. Assim, possui maior complexidade de construção quando comparado aos exemplares de entrada, incluindo várias funções interessantes. Em outras palavras, é um dos teclados mais completos da Yamaha na faixa de preço. 

Apresenta 61 teclas com 4 níveis de sensibilidade ao toque, 235 estilos de acompanhamento automático e 758 vozes. Além disso, conta com função Groove Creator, efeitos embutidos e entrada USB. Ainda inclui conectividade com capacidades áudio e MIDI e função Quick Sampling, que possibilita a gravação de sons externos por meio da entrada auxiliar. 

Para completar, tem polifonia de 48 sons, 30 músicas predefinidas e um par de alto-falantes de 6 watts de potência. No entanto, esse teclado não é dos mais leves, possuindo cerca de 6,6 kg sem as pilhas. Então, não é tão portátil quanto outros modelos de menor peso. Ah, ele ainda possui entrada para pedal de sustentação e saída para fones de ouvido, ok?

Ficha técnica:

  • Teclas: 61
  • Polifonia: 48
  • Timbres: 758
  • Canções: 30
  • Ritmos: 235
  • Peso: 6,6 kg
  • Medidas: 94,6 (L) x 40,4 (P) x 13,9 (A) cm

Como saber se o teclado Yamaha PSR-E463 é bom?

Resumidamente, antes de efetuar a compra de um instrumento musical, é necessário estabelecer um orçamento, refletir sobre o uso prático do equipamento, pesquisar modelos com boas características técnicas e conferir a opinião de outros clientes. Seguindo esse passo a passo, você tem muitas chances de acertar na escolha de um teclado musical.

Nesse contexto, uma ação interessante é dar uma olhada em sites que contam com avaliações de compradores, como o Reclame Aqui e a Amazon. Assim, você pode observar se os produtos são alvo de relatos de problemas.

Além disso, para que a compra seja bem-sucedida, é inevitável compreender o básico das características técnicas de um teclado. Resultado disso, você estará apto a comparar as várias unidades com o devido embasamento. 

Em seguida, para auxiliá-lo nessa missão, trazemos uma objetiva explicação dos aspectos que devem ser observados nas fichas técnicas dos teclados musicais. Acompanhe!

Teclas

Os teclados costumam apresentar de 25 a 88 teclas dependendo da proposta e do tamanho. Ao comprar um instrumento para estudo ou apresentações, dê preferência aos que possuem pelo menos 61 teclas. Assim, eles contam com cinco oitavas completas e permitem a execução da maioria das músicas conhecidas.

Além disso, se você quer uma experiência mais customizável, veja se o teclado que está pesquisando possui o recurso de ajuste de sensibilidade das teclas. 

Alto-falantes

Alto-falantes embutidos tornam os teclados muito práticos para estudo. Via de regra, quanto maior o alto-falante, mais graves ele entregará. Já a potência indica o volume máximo que os falantes suportam sem distorcer o sinal. 

Conexões

Alguns dos tipos de conexão mais populares são: entrada para pedal de sustentação, saída de fones de ouvido, porta USB e entrada de áudio auxiliar. Esses recursos permitem que o músico aproveite ao máximo o instrumento, com várias possibilidades práticas. 

Polifonia

Como sugere o nome, a polifonia indica o número de sons simultâneos que o teclado é capaz de tocar. Em outras palavras, os modelos mais avançados possuem maior número de sons polifônicos, evidenciando a riqueza de timbre. 

Vozes

As vozes, também denominadas como sons ou timbres, nada mais são do que as variadas sonoridades que o músico pode escolher dentro do instrumento. É normal os modelos contarem com simulações de pianos, órgãos e sintetizadores, entre outros. 

Portanto, quanto maior a quantidade de vozes, mais versatilidade terá o equipamento. No entanto, se você é iniciante, cuidado para não se perder com tantas opções, combinado? 

Funções

Tenha em mente que muitos modelos de teclado, especialmente os do tipo arranjador, possuem funções inteligentes que facilitam a prática do instrumento. 

Dessa forma, os modos de lições e formação de acordes, por exemplo, são muito úteis para iniciantes. Ao mesmo tempo, quem gosta de explorar o lado criativo vai adorar os recursos de acompanhamento e produção de músicas. 

Alternativas para o teclado Yamaha PSR-E463

E aí, conseguiu confirmar se o teclado Yamaha PSR E463 é bom para as suas necessidades? Tudo indica que o modelo tem muita qualidade, mas ainda não bata o martelo!

Em seguida, trazemos a análise de dois teclados similares de outras marcas. Assim, você poderá comparar os modelos para ter certeza de que está tomando a decisão correta. Confira!

1. Teclado CTK-3500 – Casio

Teclado CTK-3500 - Casio

✅ 61 teclas com sensibilidade

✅ Completo em recursos

✅ Marca conhecida 

🚫 Menos recursos do que o Yamaha



Como primeira alternativa, trazemos um teclado da conhecida marca Casio. O modelo CTK-3500 apresenta 61 teclas com 2 níveis de sensibilidade ao toque, 100 ritmos de acompanhamento e 400 timbres. Também possui polifonia de 48 sons e 60 músicas embutidas, possibilitando o salvamento de canções externas.  

Ainda conta com as seguintes e interessantes funções: lição, dedilhado em áudio, dance music, avaliação de desempenho e conexão com aplicativo. Por sua vez, a dupla de falantes fornece 2 watts de potência.

Com conexão USB, saída de fone, entrada de pedal de sustentação e plugue de áudio auxiliar, o teclado pesa cerca de 3,4 kg. Ah, ainda vem com suporte de partitura. 

Dessa forma, o modelo tem boa qualidade para iniciantes e até intermediários. Oferece sonoridade versátil, apesar de não ter o elevado número de opções do Yamaha. Porém, o valor de mercado é consideravelmente menor que o do concorrente. 

Ficha técnica:

  • Teclas: 61
  • Polifonia: 48
  • Timbres: 400
  • Canções: 60
  • Ritmos: 100
  • Peso: 3,4 kg
  • Medidas: 94,6 (L) x 30,7 (P) x 9,2 (A) cm

2. Teclado Arranjador KB-330 – Revas

 Teclado Arranjador KB-330 - Revas

✅ Belo custo-benefício

✅ Alta polifonia

✅ Recursos interessantes

🚫 Marca não tão conhecida


Agora, é a vez de conhecermos um modelo arranjador da Revas, marca que não é tão conhecida. Porém, ela pertence à empresa Roland, que é um dos destaques quando o assunto são teclados musicais. 

A unidade foi produzida pensando nos músicos iniciantes e intermediários, contando com 61 teclas com 3 níveis de sensibilidade, 390 vozes e 100 estilos de acompanhamento. Possui também polifonia de 64 sons e 110 músicas integradas, com funções de lição e gravação.

Ao mesmo tempo, apresenta conexão para fone e pedal de sustentação, além de porta USB. Ah, cada um dos dois alto-falantes é capaz de suportar 10 watts de potência. O produto pesa 4,5 kg.

Com todas essas características e considerando o valor de mercado acessível, podemos afirmar que esse teclado possui belo custo-benefício

Ficha técnica:

  • Teclas: 61
  • Polifonia: 64
  • Timbres: 390
  • Canções: 110
  • Ritmos: 100
  • Peso: 4,5 kg
  • Medidas: 95,5 (L) x 36 (P) x 14,5 (A) cm

Perguntas frequentes

O que significa PSR no teclado Yamaha?

A sigla PSR utilizada em alguns teclados Yamaha significa Porta Sound Regular. Assim, a nomenclatura evidencia que os modelos são portáteis e têm teclas de tamanho padrão. Já a série PSS, por exemplo, quer dizer Porta Sound Small, pois apresenta modelos portáteis com teclas de tamanho reduzido. 

Qual a melhor linha de teclado da Yamaha?

As linhas Genos e Piaggero possuem alguns dos melhores teclados da Yamaha. A primeira é focada em modelos workstations, que são supercompletos e têm um computador interno que possibilita a criação, edição e gravação de forma avançada. Já a segunda busca replicar a sensação de tocar em um piano de verdade, com teclas especiais.

Qual o melhor teclado para quem está começando a tocar?

Quem está aprendendo as primeiras notas necessita de um instrumento intuitivo, por isso os teclados arranjadores são os mais recomendados nesse caso. Eles costumam oferecer interface objetiva, com direito a modo de lições e outras funções que facilitam o aprendizado musical.  

Qual teclado Yamaha é melhor?

É difícil responder a essa pergunta de forma objetiva, pois a Yamaha conta com diferentes linhas, cada uma com a própria proposta. Porém, podemos afirmar que o modelo PSR-E463, analisado no artigo de hoje, é bastante completo em funções considerando a faixa de preço intermediária. Por sua vez, o Yamaha Genos é um dos teclados mais caros do mundo, chegando a custar por volta de R$ 39 mil no mercado brasileiro.

Como escolher um teclado para comprar?

Antes de mais nada, é necessário estabelecer um orçamento, refletir sobre o uso prático do instrumento, pesquisar modelos com boas características técnicas e conferir a opinião de outros clientes. Seguindo esse passo a passo, você tem muitas chances de acertar na escolha de um teclado musical. 

Conclusão: O teclado Yamaha PSR-E463 é bom ou não?

Chegamos à parte final do artigo de hoje. Então, para confirmar se o teclado arranjador Yamaha PSR-E463 é bom, veja nosso resumo abaixo.

Sim, o teclado Yamaha PSR-E463 é bom e vale a pena tanto para iniciantes quanto intermediários. Dessa forma, é produzido por uma marca conceituada e tem recursos muito interessantes, com ótima qualidade sonora. No entanto, o preço é um pouco salgado.

Nesse contexto, se você está com o orçamento apertado, recomendamos como alternativas mais baratas os modelos Casio CTK-3500 e Revas KB-330. Ambos têm qualidade satisfatória, com bom custo-benefício.

Agora, você deve fazer a sua escolha! Eleja o seu modelo favorito e realize a compra agora mesmo! Desejamos ótimos momentos com o seu novo teclado musical.

Um abraço!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.