Início » Os 7 Melhores Teclados Arranjadores em 2021

Os 7 Melhores Teclados Arranjadores em 2021

Você pensa em ser um tecladista de primeira, mas ainda não sabe por onde começar? Ou já é um, mas não sabe qual modelo escolher para melhorar sua performance? Fique tranquilo, hoje você vai conhecer os melhores teclados arranjadores do ano. 

Está pronto para aprender mais sobre o seu  próximo instrumento musical? Então vamos lá! Abra seu bloco de notas, faça as suas anotações, salve os melhores links e dê um grande passo na sua carreira. 

Melhores teclados arranjadores para comprar online

O mercado dos teclados arranjadores pode te surpreender. Quem não está preparado deixa de escolher um bom instrumento. Para te auxiliar, montamos uma tabela com um simples resumo:

Imagem

Produto

Preço (R$)

1. Teclado PSR-E463 - Yamaha 

✔️ Melhor teclado arranjador 

2. Teclado CT-X800 - Casio 

✔️ Timbres impressionantes 

3. Teclado CT-X3000 - Casio 

✔️ Melhor custo-benefício para profissionais

4. Teclado EX20-A - Roland 

✔️ Indicado para músicos semi-profissionais

5. Teclado Revas Kb-330 - Roland 

✔️ Ótimo custo-benefício

6. Teclado CT-S300 - Casio 

✔️ Melhor custo-benefício para iniciantes

7. Teclado SA-76 - Casio 

✔️ Melhor teclado arranjador para crianças 

1. Teclado PSR-E463 – Yamaha

Prós

Contras

✅ Melhor timbre

🚫 Não tem conexão MIDI

✅ Som encorpado

✅ Recursos úteis

Chegou a hora. Conheça o melhor teclado arranjador para comprar online. É o Yamaha PSR-E463, um instrumento mais indicado por profissionais. Uma referência em timbre, qualidade e tecnologia. 

O PSR-E463 conta com mais de 750 timbres, uma verdadeira biblioteca de áudio. São mais de 230 ritmos pré-programados para você usar como backing track. São 61 teclas, correspondente a 5 oitavas, sensíveis ao toque. 

O teclado arranjador tem alguns recursos que podem melhorar a sua experiência sonora. O Groove Creator, por exemplo, é um recurso capaz de criar levadas rítmicas. Já o Quick Sampling pode samplear um som externo e exportar para ser utilizado no teclado. 

A Yamaha sabe construir bons instrumentos musicais. O teclado arranjador PSR-E643 é um investimento que vale a pena, é a melhor opção para comprar online. Seus recursos e timbres podem transformar qualquer música. Invista na sua carreira e adquira seu Yamaha agora.

2. Teclado CT-X800 – Casio

Prós

Contras

✅ Fornece recursos de estudo

🚫 Não tem conexão MIDI

✅ Timbre bem definido

✅ Ótima sensibilidade

A marca Casio é uma grande conhecida entre os tecladistas. Não é à toa que levou nossa medalha de prata pra casa.  O teclado arranjador CT-X800 é uma ótima opção para profissionais, e até amadores que querem evoluir. 

O instrumento traz alguns recursos impressionantes. Possui funções de estudos que podem aprimorar qualquer músico, como um guia de dedilhado em voz e de acordes. Tem um disparo automático de mais de cem tipos de arpejos. 

O CT-X800 tem mais de 600 timbres e 195 ritmos integrados. Sessenta e uma teclas sensíveis ao toque e um transpositor de oitava, atingindo doze semitons acima ou abaixo. Os auto falantes são incluídos, potencializam qualquer experiência musical. 

Renda-se a Casio. O teclado arranjador CT-X800 é uma ótima opção para comprar online, inclusive é recomendado por músicos profissionais. Valorize a sua musicalidade. Adquira o seu Casio agora e dê um passo na sua carreira. 

3. Teclado CT-X3000 – Casio

Prós

Contras

✅ Recursos para estudo

✅ Ótimo timbre

🚫 Apenas três níveis de sensibilidade

✅ Placa AiX de alta definição

Olha a Casio aí de novo, desta vez conquistando o nosso terceiro lugar. O premiado é o teclado arranjador CT-X3000, muito requisitado por músicos experientes. É um instrumento que você pode investir sem medo. 

O CT-X3000 conta um banco de timbres e ritmos extremamente ricos. A placa de som AiX garante um timbre bem definido, próximo ao do instrumento acústico. Tem 61 teclas com três níveis de sensibilidade. 

Podemos encontrar funções impressionantes neste teclado. A conexão USB permite a troca de informações com o computador. Você pode gravar as suas músicas no próprio teclado ou em outro dispositivo. 

Não é à toa que a Casio é uma das grandes marcas de áudio. O teclado arranjador CT-X3000 agrada profissionais e amadores e é uma ótima opção para turbinar sua carreira. Não deixe para amanhã, acredite em você e adquira um teclado agora.  

4. Teclado EX20-A – Roland

Prós

Contras

✅ Referência em timbre

🚫 Sem conexão MIDI

✅ Indicado a músicos semi-profissionais

Agora vamos ver alguns teclados arranjadores voltados a músicos intermediários ou semi-profissionais. Um ótimo instrumento é o Roland E-X20A. A Roland é uma marca reconhecida e respeitada em todo mundo. 

É um teclado acessível, fácil de manusear e com recursos o suficiente para servir a qualquer tecladista. Os timbres tem o selo de qualidade Roland e os ritmos embalam os estudantes. São 61 teclas sensíveis ao toque. 

O E-X20A é muito indicado a músicos jovens que precisam de um instrumento de qualidade para evoluir. Ele entrega um som agradável, polido, e vários recursos de estudo. Você também pode gravar nele as suas músicas. 

A Roland é uma das maiores marcas do mercado. O teclado arranjador E-X20A vem melhorando a performance de jovens músicos. E porque não melhorar a sua? Você pode ter um teclado agora mesmo.  

5. Teclado Revas Kb-330 – Roland

Prós

Contras

✅ Modulações de timbres

🚫 61 teclas

✅ Melhor teclado arranjador para iniciantes

Mais uma vez a Roland conquista um lugar no ranking dos melhores do ano. Desta vez com o teclado arranjador Revas Kb-330. É uma ótima ferramenta para os músicos amadores. Tem ótimos recursos para o seu desenvolvimento musical. 

O instrumento oferece o recurso “lesson”, que conta com um dicionário de acordes que facilita a vida do músico. Você pode aprender enquanto toca. É um ótimo recurso para melhorar a assimilação das músicas. 

São mais de 390 timbres para você explorar. As mais de 100 levadas rítmicas foram pensadas para aprimorar a sua musicalidade. O teclado tem 61 teclas, a função split permite que sejam divididas em dois timbres enquanto a função dual voice faz com que dois timbres toquem simultaneamente. 

Além disso, você pode plugar um fone de ouvido e estudar sem incomodar os outros. O teclado Roland Revas Kb-330 ainda conta com uma saída p10 balanceada, dando mais profundidade ao som. Você pode criar e gravar os seus timbres, basta adquirir o seu Revas Kb-330.  

6. Teclado CT-S300 – Casio

Prós

Contras

✅ Tem sensibilidade nas teclas

🚫 Não tem conexão MIDI

✅ Ótimo para tecladista intermediários

O próximo instrumento do nosso ranking é o Casio CT-S300, um tipo de teclado arranjador ótimo para quem quer começar a tocar. Também é indicado aos que querem um segundo instrumento. O teclado é bivolt e a marca tem um ano de garantia. 

O CT-S300 é leve, um pouco mais fino que seus concorrentes e tem uma alça que facilita na hora de transportar. As bordas são arredondadas, amortecendo eventuais choques. Uma ótima pedida para os mais descuidados. 

A Casio oferece, também no CT-S300, o aplicativo Chordana Play, um software arquitetado para ajudar os músicos a estudar. A entrada microusb facilita a conexão com o aplicativo e outros dispositivos. Um ótimo recurso oferecido pela marca. 

Mais uma vez a Casio surpreende o mercado com suas inovações. O CT-300 tem mais de 400 timbres, conta com 48 tipos de polifonia e disponibiliza 77 levadas rítmicas para embalar o seus estudos. Invista na sua música e comece a tocar agora mesmo.  

7. Teclado SA-76 – Casio 

Prós

Contras

✅ Recomendado para crianças

🚫 Não tem conexão MIDI

✅ Melhor preço da categoria

O último lugar do nosso ranking foi ocupado pela Casio. Desta vez a marca inovou com o teclado arranjador SA-76, já que foi projetado para crianças. São 44 teclas, ou quase quatro oitavas, um dos menores da categoria. 

Acompanha um mini headset para que a criança possa tocar sem se preocupar com outros amplificadores, além de não incomodar ninguém. O display é intuitivo e fácil de programar. Você pode alterar os timbres na hora, basta apertar um botão e pronto. 

São mais de 100 timbres, 50 ritmos e 10 canções integradas para divertir o estudante. O sistema de som em LSI garante uma polifonia de oito notas e com ótima qualidade. Não tem sensibilidade nas teclas, entrada para pedal ou conexão via MIDI. 

O Casio SA-76 é um mini teclado arranjador projetado para despertar o talento musical de cada criança. É a opção mais barata do mercado, super indicado para quem quer começar. O SA-76 pode ser seu agora. 

Para que serve o teclado arranjador?

Os instrumentos com teclas, também chamados de teclados, são muito antigos. Alguns modelos são datados do séc. III A.C, O hydraulis é o teclado musical mais antigo do ocidente. É um antecessor do órgão, um instrumento de teclas que até hoje é encontrado nas grandes igrejas, principalmente as católicas. 

A tecnologia se desenvolveu e o ser humano  criou o cravo, o irmão mais novo do piano. O piano ganhou grande força na sociedade no século XVIII, substituindo o caçula. Após um século surgiram os primeiros teclados eletrônicos. Até hoje são desenvolvidos novos modelos, inclusive de teclado arranjador. 

Cabe destacar que são instrumentos multifuncionais, que podem preencher a harmonia ou executar a melodia. São capazes de modulações de timbre, contam com um banco de ritmo e podem gravar. Os teclados arranjadores são instrumentos completos para quem quiser renovar as suas habilidades musicais, e são os mais utilizados entre os produtores profissionais. 

Como escolher o melhor teclado arranjador

O ranking te mostrou os melhores teclados arranjadores do ano. Mas você encontra outros modelos por aí. Preste atenção no nosso guia, você será qualificado para escolher o melhor entre os instrumentos. Vamos lá! 

Características

Você sabia que os teclados arranjadores são ótimos instrumentos para desenvolver sua musicalidade e criatividade? Pois saiba que é uma ferramenta intuitiva, fácil de usar e tem muitas funções para te surpreender. 

Você pode construir um timbre, seja por modulação ou sobreposição, pode controlar as funções de um programa de produção musical, sintetizar os sons e até produzir a partir do software do instrumento. São ferramentas completas que estão presentes na vida de qualquer produtor musical profissional. 

Timbres 

O timbre corresponde a impressão digital de cada som, é a sua identidade e essência. Imagine dois sons diferentes, um do violão e outro do piano. Ambos podem tocar a mesma nota, mas soam de forma diferente. Tal diferença se dá pelo timbre, que é o resultado de uma configuração específica da série harmônica. Um dos pontos mais divertidos dos teclados arranjadores é que você pode criar os próprios timbres. É algo que todo músico experiente busca construir. 

Ritmos 

O ritmo é um dos elementos fundamentais da música, assim como a melodia e a harmonia. É um pulso que acontece em ciclos periódicos para conduzir os sons. Os pulsos são definidos pela fórmula de compasso e a velocidade é pelo andamento. Uma valsa lenta, por exemplo, tem o pulso em ¾ e pode variar de 50 a 70 BPM. Os teclados arranjadores vêm com metrônomo e um banco de ritmos sampleados para o tecladista aproveitar. 

Tipos de teclados musicais

Dentre os tipos de teclados musicais nós podemos destacar o piano, escaleta, a sanfona, o teclado arranjador, dentre outros. Podemos dividir a categoria teclados eletrônicos em quatro subcategorias: Arranjadores, Controladores, Sintetizadores e Workstation. 

Arranjadores 

Este é o tipo mais comum entre os teclados musicais eletrônicos. Podem variar de 44, 61 ou 88 teclas. Possuem um banco de timbre, geralmente com piano, teclado eletrônico, cordas, sopro e percussão. Além disso, tem um banco de ritmos, como pop, folk, samba, jazz, valsa e tantos outros. É o tipo mais indicado para iniciantes, pois você pode ter vários elementos musicais sem precisar de uma banda. Mas ainda é muito utilizado por profissionais que produzem outros artistas. 

Controladores

A partir daqui os modelos começam a ter mais funções. Neste caso você tem o controle. O teclado do tipo controlador, além das características do arranjador, pode controlar outros instrumentos através de um cabo MIDI, ou via uma conexão com computador, o USB. No caso do computador você pode controlar softwares de produção para construir timbres mais complexos. Muito utilizado por produtores musicais. 

Sintetizadores

O teclado sintetizador é um tipo bem desafiador. Ele trabalha com a síntese sonora. É um jeito revolucionário de construir timbres. Alguns modelos são analógicos, ou seja, sintetizam tipos de ondas pré-definidas, como senoidal, quadrada, triangular ou serra, geradas a partir da eletricidade. O músico pode configurar estes sinais para construir os timbres. Muito visto na música pop contemporânea. 

Workstation 

Este é o modelo de teclado mais completo. Você tem todas as funções anteriores e ainda o software de produção musical, ou workstation. Isso mesmo, além de arranjar, controlar e sintetizar, você pode gravar e editar os sons para criar música no teclado. Os mais experientes optam por este modelo, ante a chance de realizar todo o trabalho no teclado workstation.  

Perguntas frequentes 

Os teclados arranjadores precisam de caixas de som? 

Você pode encontrar modelos com caixas de som embutidas. Mas alguns precisam de amplificadores. Principalmente os teclados controladores, sintetizadores e workstation. Foram desenvolvidos para criação e precisam de uma reprodução fiel para dar mais corpo ao som. 

O que é um teclado com teclas sensíveis? 

Os melhores teclados arranjadores tem teclas sensíveis. A intensidade do som depende da força que você toca nas teclas. É um excelente recurso de expressão, levando a experiência musical a outro patamar, tanto para o músico quanto para o ouvinte. 

Qual é o teclado arranjador mais indicado para os iniciantes? 

Os teclados com cinco oitavas, que tenham um bom banco de timbres e ritmos e teclas sensíveis é ótimo para você começar. Avalie a possibilidade de conectar o pedal, pode deixar o seu estudo ainda mais interessante. 

Qual é a diferença entre o teclado arranjador e o teclado musical?

 O teclado arranjador é um tipo elétrico que possui um banco de timbres, ritmo e alguns recursos extras. O teclado musical é o mesmo que um instrumento de teclas. Um piano e uma sanfona são considerados teclados musicais, pois são instrumentos de teclas. 

Como é a rotina de estudos do tecladista? 

É constante, recomenda-se que o tecladista estude pelo menos seis vezes por semana. Vale a pena dividir os estudos durante o dia, por exemplo, dez minutos de escala de manhã, vinte de repertório à tarde e dez de improvisação à noite. Tocar uma vez por semana traz poucos resultados. Paciência e disciplina são essenciais. 

Conclusão: qual o melhor teclado arranjador

Os teclados arranjadores são demais, não acha? O ranking: os melhores teclados arranjadores do ano te guiou para as referências no mercado. Um presente para todos os tecladistas. Você conheceu os principais prós e contras dos modelos de grandes marcas. 

Você também foi qualificado para escolher um instrumento. Conheceu as diferenças entre teclados arranjadores, sintetizadores, controladores e o workstation. O FAQ respondeu às principais dúvidas.

Mas o jogo não para por aqui. Agora você é um expert em teclados arranjadores e precisa tomar uma decisão. Escolha o seu teclado preferido e vá criar músicas dançantes. Independente do seu nível, você tem que continuar a estudar para evoluir.

E então, já se decidiu? Um dos teclados arranjadores te agradou? Já conhecia os melhores teclados arranjadores do ano? Conta pra gente, compartilhe o artigo com um tecladista. E lembre-se, você pode ser um tecladista, basta começar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *